Salvador

Vereador sugere criação da “Semana da Cidadania LGBTQI+”

A proposta de Marcos Mendes visa conscientizar a sociedade sobre as diversidades sexuais e as identidades de gênero

O vereador Marcos Mendes (PSOL) sugeriu ao Executivo Estadual, por meio do Projeto de Indicação nº 68/19, a criação da “Semana da Cidadania LGBTQI+”, que deverá acontecer uma semana antes da Parada Gay de Salvador. A ação deseja promover atividades culturais e socioeducativas desenvolvidas em parceria com a comunidade LGBTQI+ visando o diálogo, a visibilidade e a conscientização da sociedade civil sobre as diversidades sexuais e as identidades de gênero.
A proposta citou a “extrema vulnerabilidade social que a população trans e travesti do Brasil sofre devido a negligência das políticas públicas, bem como a violência, transfobia, exclusão e marginalização às quais estão inseridas, o que provoca o abandono dos estudos, empurrando essa população para trabalhos precários, impróprios e mal remunerados, ou para a prostituição”.
No documento, dados divulgados pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), dos últimos 10 anos, indicaram um aumento de 125% nos registros de mortes de pessoas LGBTs no Brasil. De acordo com o texto, em 2018, foram 420 mortes no país, 76% homicídios e 24% suicídio. Em 2017, o número de casos chegou a 445, o recorde nacional. 
“A população LGBTQI+ encontra-se historicamente mais vulnerável socialmente e é de extrema importância que a política pública construa possibilidades de promoção de igualdade e reparação social. E é nesse sentido que se torna importante estabelecer meios de combate a essas desigualdades, como por exemplo, uma semana voltada para a conscientização da sociedade sobre esse assunto”, finalizou o vereador.

Etiquetas
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: