Esportes

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, invadiu o gramado do Barradão e mostrou o seu desequilíbrio

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, invadiu o gramado do Barradão no intervalo da partida contra o Ceará, na noite desta quarta-feira, e ameaçou o meia Vinícius. Enquanto o jogador se preparava para dar entrevista, o dirigente começou a gritar em tom de intimidação:

– Aqui você apanha. Você sabe que aqui você apanha. Comigo a história é outra. Sabe disso? Fica caladinho aí. Seu vagabundo, lhe dou porrada, seu vagabundo. Comigo a conversa é outra. Aqui você apanha, seu vagabundo. – bradou Paulo Carneiro, que invadiu o campo para reclamar com o árbitro, mas acabou contido por um jogador rubro-negro.

Vinícius sequer conseguiu dar a entrevista no intervalo e tentou questionar Paulo Carneiro sobre o que havia feito. Porém, o dirigente foi retirado de campo por atletas e funcionários do clube baiano.

Naquele momento, o Vitória vencia o duelo por 2 a 1, após um primeiro tempo conturbado, que teve três expulsões e polêmicas de arbitragem. A partida é válida pela terceira fase da Copa do Brasil; como perdeu o jogo de ida por 1 a 0 para o Ceará, o time baiano vive a pressão de precisar superar o saldo de gols para se classificar à quarta fase da competição.

Ao árbitro do jogo e toda sua equipe colocou na suma a invasão do campo do dirigente: 

– Invadiu o campo de jogo sem utilizar máscara, desrespeitando as diretrizes da competição. O mesmo veio em direção a equipe de arbitragem e foi contido pelo policiamento. Cito que o mesmo proferiu as seguintes palavras gritando a este árbitro: “Seu moleque do caralho, vagabundo, sem vergonha, olha a merda que você fez, veio roubar a gente aqui, mas aqui você apanha, seu vagabundo”. sendo que me senti ofendido em minha honra – escreveu o árbitro.

Etiquetas
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: