Salvador

Salvador – Transalvador retoma blitz para conscientizar sobre uso de máscaras

A Transalvador retomou hoje (24) as blitze para conscientizar condutores e passageiros de veículos sobre o uso obrigatório das máscaras ao volante. As ações são de caráter educativo. A fiscalização será realizada rotineiramente em locais estratégicos da cidade, fora dos horários de pico, onde serão parados veículos em que ocupantes não estejam utilizando o item de segurança.  

Pela manhã, uma blitz aconteceu na Rua Silveira Martins, no Cabula. Já no período da tarde, a ação ocorreu na Av. Centenário, no Chame-Chame. No período da manhã, 87 veículos foram abordados, sendo que em 75 deles havia ocupantes sem máscara. Pela tarde, 44 automóveis foram abordados e 26 condutores ou passageiros não estavam utilizando o objeto de proteção.

Passando pela primeira vez na blitz, o condutor Fred Rehen, de 37 anos, disse que ações como essa são importantes, principalmente nesta fase de retomada da economia, quando as pessoas tendem a relaxar. “Nessa fase de reabertura, ações como essa são importantes para conscientizar a população. Essa é a primeira vez que passo por uma abordagem educativa assim e achei bacana, porque é um alerta para que as pessoas não esqueçam ou deixem de usar a máscara”.

Dando um bom exemplo, o casal Rafael Santos, de 26 anos, e Juliana Dias, de 30 anos, reforçou a importância do uso de máscaras até mesmo para pessoas que têm uma convivência diária. “É algo educativo e importante para todos. Nós sempre utilizamos máscaras em todos os lugares, inclusive dentro do veículo. Manter a população em alerta é fundamental para que não tenha relaxamento. Até quem está sozinho dentro do veículo deve usar, porque, caso contrário, pode esquecer de colocar após sair do carro”, recomendou Rafael.

Relaxamento – A volta das blitze educativas para reforçar a necessidade do uso das máscaras mesmo ao volante visa combater o relaxamento das pessoas sobre o uso do item de proteção, cuja utilização é obrigatória no trânsito, no transporte público e em qualquer ambiente laboral. Essa obrigatoriedade está regulamentada em decreto municipal. 

“Nossas abordagens são de caráter educativo, pois nosso objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade de manter o uso das máscaras de proteção, mesmo com o retorno das atividades econômicas na cidade. Nossa maior preocupação são os veículos com mais de um ocupante, especialmente os de transporte remunerado, que tem uma rotatividade alta de passageiros e pode resultar na contaminação de diversas pessoas”, afirmou Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

Balanço – A fiscalização começou a ser realizada em abril. Por ter percebido que uma grande parte da população estava conscientemente utilizando o artigo de proteção com o passar do tempo, as blitze foram temporariamente suspensas. No período de 24 de abril a 4 de maio, início da ação, foram realizadas 749 abordagens a veículos, nos quais 811 pessoas não utilizavam o item de proteção.

 

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: