Justiça

Peritos temem vazamento de processos e documentos do STJ após invasão hacker

O hacker responsável pela invasão ao sistema sistema informatizado do Superior Tribunal de Justiça (STJ) continua sob o controle de  documentos e processos sigilosos que tramitam na Corte.

De acordo com informações apuradas pelo jornal O Estado de São Paulo, peritos que investigam o ataque temem que este material já possa ter sido copiado e que o STJ torne-se alvo de um vazamento em massa de informações.

Por meio de nota emitida no último sábado (7), o órgão garantiu que a retomada gradual das operações do sistema de informática segue agendada para acontecer na próxima segunda-feira (9)

Em informe anterior, garantiu que o backup dos 255 mil processos acessados na invasão seguem completamente preservados. Ainda não se sabe se os processos foram efetivamente copiados, mas essa possibilidade preocupa ministros da Corte.

Também segundo a publicação, a Polícia Federal abriu um inquérito para apurar o ataque, que já afetou o julgamento de mais de 12 mil processos. Oficialmente, o STJ não revela se advogados com interesse em processos que tramitam na corte já procuraram o órgão para avaliar um possível prejuízo com o vazamento de dados.

O jornal, no entanto, apurou que há um “risco elevado” de o hacker já ter baixado documentos dos servidores do tribunal. O STJ conta com a ajuda  do Centro de Defesa Cibernética do Exército para auxiliar sua Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação na restauração dos sistemas.

Fonte:BNews

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: