saúde

Nível elevado de enzima no coração pode indicar caso grave de Covid-19, diz estudo

Médicos do Hospital Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro, encontraram uma forma de identificar pacientes com Covid-19 que podem desenvolver a forma mais grave da doença: medir a enzima cardíaca troporina naqueles que dão entrada no local. 

Um estudo feito pelos profissionais do hospital mostra que pacientes com o novo coronavírus apresentaram níveis aumentados de troporina. A enzima aponta uma lesão no músculo do coração, de acordo com o portal Viva Bem, do Uol. A conclusão foi divulgada na revista Arquivos Brasileiros de Cardiologia.

“Aqueles que tinham essa enzima aumentada tinham uma evolução muito pior do que aqueles que tinham essa enzima normal”, afirma o cardiologista e coordenador da unidade coronariana do hospital, Gustavo Gouvêa.

O procedimento realizado pelo hospital normalmente é utilizado para diagnosticar casos de infarto. Entratanto, especialistas afirmam que a enzima pode ter seus níveis elevados em outras enfermidades que agridem o coração – situação verificada em pacientes infectado pelo novo coronavírus.

Ao todo, 183 pacientes internados no hospital foram analisados para a pesquisa, pois estavam com a troporina elevada. Desses, 28 morreram e 31 precisaram de ventilação mecânica invasiva. Segundo Gouvêa, esse foi o primeiro estudo feito no Brasil que comprovou que a Covid-19 pode provocar lesão no coração. 

Fonte:Bahia noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: