Política

Legislativo reverencia trabalho de José Bites de Carvalho, reitor da Uneb

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) promoveu, na tarde desta quarta-feira (15), um ato em homenagem ao reitor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), professor José Bites de Carvalho. O evento, transmitido pela TV ALBA, ocorreu no Auditório Jornalista Jorge Calmon e reuniu diretores, professores e estudantes da Uneb, além de amigos do homenageado.
 
A homenagem no Parlamento baiano foi proposta pelo deputado Osni Cardoso Lula da Silva (PT), que se formou em pedagogia pela própria Uneb, no Campus XI, em Serrinha. A condecoração ao professor, explicou o legislador, é um reconhecimento pela dedicação e serviços prestados à educação do ensino superior na Bahia. Osni lembrou que sua de vida está diretamente ligada à Uneb, onde teve sua formação profissional e início de uma trajetória política. “Eu saí do povoado Bela Vista em Serrinha quando tinha 27 anos. Ingressei no curso de pedagogia e me tornei professor e político através dessa universidade”, relatou.
 
 
O deputado justificou, em seu requerimento, que José Bites, como docente e como gestor, desenvolveu as atividades pautado pela melhoria das condições de trabalho, do ensino e aprendizado, além de implementar políticas de justiça socais dentro da instituição. “José Bites chega ao final do seu reitorado deixando uma forte marca na história da Universidade do Estado da Bahia. Durante as suas gestões, a Uneb obteve diversos avanços. Os mais significativos foram a obtenção do conceito 4 na avaliação do Inep, consolidando o amadurecimento da política de graduação e pós-graduação da universidade, bem como a inauguração do Restaurante Universitário, um antigo anseio da comunidade acadêmica que se transformou em realidade este ano”, enumerou o parlamentar.
 
José Bites assumiu a reitoria da Uneb no ano de 2014 e foi reeleito no ano de 2017. Agora, caminha para a reta final da sua gestão e passará o cargo para a reitora eleita, Adriana Marmori. Em seu discurso durante o ato, o gestor falou da sua alegria em ser homenageado pela ALBA, em uma iniciativa que partiu de um parlamentar egresso da Uneb. Para além, em um tom de despedida e de prestação de contas dos oito anos de atuação à frente da universidade baiana, o professor enumerou os avanços vivenciados durante esse período de gestão.
 
O reitor disse ainda que teve o cuidado de fortalecer a imagem institucional da Uneb, buscando uma “universidade democrática, popular, diversa, inclusiva, antirracista, antimachista e antifascista”. José Bites fez questão de enaltecer a dedicação da equipe que esteve ao seu lado desde a primeira gestão. As pessoas que integraram seu time, frisou o gestor, trabalharam com ética, qualidade e respeito ao próximo, com o compromisso de prestar o bom serviço público a todas as pessoas.
 
Ao citar ações implementadas durante seus dois mandatos de reitor, ele destacou a criação da primeira pró-reitoria de ações afirmativas em uma universidade brasileira; implantação da unidade acadêmica de educação à distância; institucionalização da educação indígena e educação do campo; expansão da graduação através de cursos em áreas estratégicas, principalmente engenharia, artes e educação; interiorização da pós-graduação, dentre outros pontos.
 
Por fim, José Bites falou das dificuldades encontradas nos últimos anos, com o contingenciamento de despesas e a pandemia da Covid-19. Apesar dos percalços, o reitor explicou que a universidade precisou se reinventar, se readaptar, para continuar o funcionamento. Por fim, desejou sucesso à reitora eleita, que assumirá a condução da instituição a partir de janeiro de 2022, Adriana Marmori.
 
A condução da gestão neste momento de dificuldades foi destacada por Luzinete Gama. Ela representou as técnicas e técnicos administrativos da Uneb durante o ato. “Essa é uma justa homenagem ao professor José Bites. Ele assumiu a direção e fizemos um trabalho de muita confiança e dedicação. Ao longo dessa jornada, ele foi um amigo e parceiro, um eterno batalhador pela Uneb. Fecha essa gestão com chave de ouro, apesar da pandemia e dos contingenciamentos”, apontou.
 
A professora Lilian Encarnação Conceição, pró-reitora de Gestão da Uneb, chegou ao púlpito emocionada para seu discurso. Afirmou que o momento era de agradecimento e, também, de despedida da gestão. “Representando aqui o grupo de gestores, quero agradecer a Bites pelo trato zeloso com a coisa pública, pela preocupação com a inclusão, a diversidade, com ciganos, pessoas portadoras de deficiência, tudo isso foi parte da sua política de afirmação na universidade”, contabilizou a docente. Kátia Silene Lopes, diretora do departamento da Uneb em Camaçari, representou o Fórum dos Diretores e Diretoras da universidade. Ela classificou a gestão de Bites como de excelência e elogiou a autonomia concedida a diretores, o que permitiu a descentralização da universidade.
 
Marcius Gomes, superintendente de Programas e Projetos Estratégicos da Secretaria de Educação da Bahia (SEC), representou Jerônimo Rodrigues durante o ato. O gestor da SEC classificou a homenagem ao reitor como um reconhecimento pela gestão e dedicação à universidade estadual. “Cada gestão passa e deixa sua marca e sua história. Bites organizou questões financeiras, administrativas, tratou da interiorização, avançou na educação à distância. Com todos os esforços, ele consolidou uma articulação com a educação básica”, disse.
 
Vice-reitora eleita, a professora Dayse Lago manifestou sua alegria em participar da homenagem ao reitor José Bites e parabenizou o deputado Osni pela iniciativa em propor a condecoração. Para a docente, o homenageado teve uma gestão ética, responsável e comprometida com o coletivo. Já a professora Adriana Marmori, reitora eleita, enalteceu a relação estabelecida com o reitor. “Eu o conheci na condição de diretora. Algumas ideias eram compatíveis, outras não. Nós nos respeitamos. E esse respeito o levou a me convidar para a sua segunda gestão”, relatou.
 
O deputado Bira Corôa Lula (PT) falou sobre a importância da homenagem da ALBA ao professor José Bites. O parlamentar frisou a relação criada pelo reitor com diversos segmentos da sociedade. “Suas gestões tinham ética e compromisso com a educação no nosso Estado”, afirmou.
 
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: