Saúde

Implemntar o SUS garante saúde de excelência, dizem Humberto Costa e Mariza Eduane em live do PGP

O ex-ministro da Saúde do governo Lula, defenderam a implementação total do SUS como forma de garantir uma gestão de excelência da saúde de Itabuna. Eles foram os palestrantes na reunião virtual do Programa de Governo Participativo (PGP), na manhã desse sábado (22).

O senador Humberto Costa lembrou que, quando ministro, teve a oportunidade de destinar a Itabuna diversos equipamentos e programas que contribuíram para que o município se destacasse na garantia dos serviços de saúde pública. Entre esses equipamentos, Itabuna implantou o Samu, Cepron, Cacon, CEO, a Farmácia Popular entre outras ações.

Chamado a colaborar com o PGP Itabuna, Humberto Costa disse que o segredo é a implementação do SUS, com suas estratégias e seus programas. “Tudo começa pela atenção primária. Precisamos garantir uma ampla cobertura das estratégias de Saúde da Família e de agentes comunitários de saude; garantir acesso ao atendimento médico, além de ampliar o atendimento de média e de alta complexidade, especialmente nesse momento de pandemia”.

Já a auditora em Saúde Mariza Eduane discorreu sobre todos os aspectos que hoje colocam Itabuna como uma referência negativa em prestação de serviços de saúde. “Somos o segundo município em casos e em mortes por Covid-19. Mudar isso começa com um gestor que respeite as demandas, que dê autonomia de planejamento e execução dos programas previstos no Sistema Único de Saúde. Geraldo é um gestor que fez isso, em suas gestões anteriores e que vai fazer isso novamente”.

Já o pré-candidato a prefeito Geraldo Simões disse que a saúde foi destruída nos governos que o sucederam, a partir de 2005, e que o trabalho deverá ser de reconstrução. “Precisamos reconstruir aquilo que esses governos destruíram, desde as unidades de saúde, até as relações com os prestadores. Quero ter boas relações, o que não quer dizer que vou permitir que empurrem ao município serviços que a população não precisa”.

Fim das cotas

“Uma das ações que precisamos realizar com urgência é a extinção dessa questão das cotas. Acabar com essa perversidade. Tem serviços que chegam em março já sem cotas para o resto do ano inteiro. Isso é uma excrescência que precisamos acabar”, declarou o pré-candidato.

Geraldo disse que vê a saúde como ferramenta de garantia de direitos à população, mas também como possibilidade de geração de empregos e renda, com o fortalecimento do município como polo de serviços de saúde e de serviços agregados. “Itabuna pode voltar a ser um polo de serviços de saúde, como já foi. Isso gera empregos e renda para a população e divisas para o município”.

O PGP

O Programa de Governo Participativo é uma ferramenta do Partido dos Trabalhadores para a criação do plano de governo de Geraldo Simões em Itabuna, a partir da colaboração da comunidade, e por meio da escuta de especialistas, como ocorreu na manhã desse sábado.

De acordo com o presidente do PT de Itabuna, Jackson Moreira, a comunidade está convidada a participar do processo de formatação do Plano de Governo. “As contribuições podem ser cadastradas por qualquer cidadão e cidadã no portal do PGP, no endeço http://www.programadegovernopt.com.br/itabuna. Essa construção coletiva enriquece o programa e valoriza a participação popular nas decisões de governo, algo que o PT faz desde sempre”.

Essa foi a terceira edição da live do PGP – as duas primeiras trataram de Economia Solidária e de Educação. O lançamento foi realizado há três semanas, com a presença de diversas personalidades políticas do Partido dos Trabalhadores.

Participaram, além dos dois palestrantes e de Geraldo Simões, o presidente e a vice-presidenta do PT, Jackson Moreira e Ivone Miranda, a coordenadora do PGP, Célia Watanabe, além dos mobilizadores Jorge Almeida e Valter Nascimento. As lives do PGP são transmitidas pelo canal do PT no YouTube, a TV PT Itabuna, todos os sábados, às 10 horas.

Fonte: Políticos do Sul da Bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: