Política

Fabíola Mansur (PSB) parabenizou o Bloco Afro Olodum pela passagem dos seus 40 anos de existência

A deputada Fabíola Mansur (PSB) parabenizou o Bloco Afro Olodum pela passagem dos seus 40 anos de existência, em moção de aplausos apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia. Criado em 1979, no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, o bloco celebra seu aniversário na próxima quinta-feira, 25 de abril.

No documento, a parlamentar considerou o Olodum um dos maiores representantes da cultura baiana e afro-brasileira, “que em todos os cantos do mundo que vem promovendo não só alegria, mas um trabalho social voltado para as camadas mais necessitadas da capital baiana, além de estimular o compromisso cultural do povo desta terra e de milhares de pessoas ao redor do planeta”.

A socialista falou da trajetória do bloco afro, criado com o objetivo de promover a herança cultural africana. Na década de 80, já como Organização Não Governamental (ONG) do movimento negro brasileiro, passou a desenvolver ações de combate à discriminação racial, de direitos humanos, de estímulo à autoestima e ao orgulho dos afro-brasileiros e a defender os direitos religiosos e culturais na Bahia e no Brasil.

Nas efusivas homenagens ao Olodum, Fabíola destacou o trabalho do bloco afro em defesa da cultura, cidadania, educação e direitos humanos em Salvador, na Bahia, no Brasil e em todos os países por onde já passou. “É a instituição que mais trouxe ícones nacionais e internacionais a Salvador, um dos dez nomes mais lembrados no mundo ao se falar da Bahia, um reconhecimento ao extraordinário trabalho que desenvolve nesta terra mãe. Na Assembleia Legislativa, quero reafirmar meu compromisso e dizer que continuo a postos, não só para exaltar suas belezas e bandeiras de luta, mas para o que for necessário, sempre”, concluiu.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: