Cidades

Estudantes do Bairro da Paz denuncia descaso da prefeitura de Salvador

Moradores e estudantes de Escolas Municipais do Bairro da Paz, em Salvador, reclamam da falta de estrutura para atender alunos nas instalações. De acordo com Mem Costa, professor e liderança do bairro, várias reuniões foram realizadas com secretários e representantes da Secretaria Municipal de Educação (SECULT), desde a então gestão do ex-prefeito ACM Neto, para tratar sobre a resolução do problema “e nada foi feito até o momento”.

Ele ainda denúncia a Escola Jorge Amado, de ensino fundamental 2, que foi criada para atender os estudantes da localidade e passará a incorporar alunos de outros bairros, o que irá dificultar ainda mais a situação, já que a unidade escolar fica localizada dentro de um condomínio residencial próximo ao bairro. “Algo que torna o processo de ensino e aprendizagem deficiente devido à distância e a dificuldade dos responsáveis no deslocamento para acompanhar o aprendizado das crianças”, evidenciou Mem.

Costa também dirige uma ONG que atua na área de educação, há cerca de 17 anos, e destaca a ausência de vagas, todos os anos, quando os pais e responsáveis procuram as escolas municipais do Bairro da Paz para matricularem os seus filhos. A rede municipal de ensino da localidade dispõe de três unidades: a Escola Jorge Amado e as Escolas  Nossa Senhora e Nova do Bairro da Paz, que têm 12 salas de aula, cada uma, e atendem o ensino fundamental 1. Todavia, a Escola Nossa Senhora da Paz passou atender quatro turmas de fundamental 2, desde 2018, o que deixou centenas de crianças do fundamental 1 sem opção de escola no bairro.

Para o professor Mem Costa, a situação só resolveria com a construção de uma nova escola no bairro e as devidas adequações de turmas nas escolas Nova e Nossa Senhora. “Enquanto isso não acontece, nossas crianças e adolescentes seguem penalizadas com os moradores todo ano fazendo abaixo-assinado e enviando as autoridades pertinentes para ver se resolvem”, concluiu.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: