Economia

Dólar sobe após três quedas seguidas e ultrapassa R$ 5,30

Num dia de ajustes nos mercados externos, o dólar subiu pela primeira vez após três quedas seguidas e ultrapassou os R$ 5,30. A bolsa de valores interrompeu uma sequência de quatro altas consecutivas e fechou com leve queda.

O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (19) vendido a R$ 5,316, com alta de R$ 0,061 (+1,17%). A divisa acelerou a tendência de alta nas duas horas finais de negociação e fechou próxima da máxima do dia. Mesmo com a valorização de hoje, o dólar acumula queda de 2,14% em maio.

O dia também foi marcado por ajustes no mercado de ações. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 122.636, com baixa de 0,28%. O indicador chegou a cair 1,09% por volta das 10h20, mas reagiu e fechou próximo da estabilidade, com a ajuda de ações de bancos e de empresas do setor elétrico.

O mercado global teve um dia de tensão, após a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano). No documento, alguns integrantes do órgão demonstraram cautela em relação à inflação norte-americana e abriram a possibilidade de discutir o início da retirada dos estímulos concedidos em decorrência da pandemia de covid-19 nas próximas reuniões.

Atualmente, os juros básicos dos Estados Unidos estão no menor nível da história, entre 0% e 0,25% ao ano. No entanto, com o avanço da inflação na maior economia do planeta, o Fed pode aumentar os juros antes de dezembro de 2022. Taxas mais altas em economias avançadas pressionam o dólar em países emergentes, como o Brasil.

* Com informações da Reuters

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: