Bahia

Delegação do Amapá visita Bahia para conhecer sistema eletrônico de informação

Uma delegação do Amapá realiza uma visita técnica à Bahia para conhecer o processo de implantação do Sistema Eletrônico de Informação – SEI Bahia, software de processos digitais do Poder Executivo baiano. A comitiva do estado nortista veio até Salvador para conhecer o know-how e a expertise do Governo do Estado.

A Bahia foi o primeiro estado do país a adotar o SEI, um software criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Com o sistema, os processos administrativos do estado passaram a tramitar de forma 100% eletrônica, eliminando uso de papel. A implantação concedeu maior celeridade e praticidade à tramitação processual. O SEI Bahia também trouxe mais segurança, além de economia com redução de gastos com transporte, correios, impressão, dentre outros.

Composta por sete integrantes, a delegação vai realizar visitas técnicas à Secretaria da Administração da Bahia (Saeb) e à Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A comitiva está participando de reuniões com representantes das duas unidades do Governo baiano.

No primeiro compromisso desta terça (17), uma parte da delegação do Amapá se reuniu com o secretário da Saeb, Edelvino Góes, junto com integrantes da Superintendência da Gestão e Inovação (SGI/Saeb), unidade responsável pela implantação do SEI no Estado. O secretário adjunto de Logística do Amapá, José Marlúcio Alcântara de Almeida, falou sobre a predisposição da Saeb para transferir o know-how de implantação do Sistema Eletrônico de Informação.

José Marlúcio contou que teve conhecimento da expertise da Bahia sobre o SEI no congresso do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad). A Saeb apresentou o SEI Bahia no Consad, junto com outros projetos de transformação digital, que foram implementados na Bahia. “Nós conhecemos o case da Bahia no Fórum Consad, onde a Saeb teve uma atuação de destaque, demonstrando toda a experiência que possuía com a implantação do sistema. Além da expertise da Saeb, o secretário se colocou totalmente à disposição para fazer esse compartilhamento de conhecimento. Isso fez toda a diferença”, explicou José Marlúcio.

O secretário adjunto de Logística ressaltou que o Amapá vai reduzir o tempo de implantação do SEI em função das experiências transmitidas pela Bahia. “Vamos aproveitar no know-how da Saeb para reduzir a implantação do sistema e colocar em funcionamento num tempo Record. Quem ganha com isso é o cidadão”, destacou.

A Secretaria da Administração implantou o SEI Bahia no Estado, a partir de dezembro de 2017, com a missão de extinguir o uso de papel e acabar com a circulação de processos físicos nos órgãos do Poder Executivo. Desde então, o software coleciona números superlativos: soma 3,6 milhões processos abertos, 39,9 milhões documentos gerados e mais de 133 mil usuários. A digitização dos processos administrativos gerou uma economia direta de 109,4 milhões, com redução de gastos com papel, impressão, transporte de malotes, dentre outros. A quantidade de folhas de papel economizadas chegou a 547 milhões de A4.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: