Esportes

Campeonato virtual de triatlhon será realizado a partir de 9 de junho

Estão abertas inscrições para a primeira prova virtual de Triatlhon da Bahia. A iniciativa tem o objetivo de motivar os atletas e incentivá-los a se manterem ativos, adaptando os treinos em casa. As inscrições para o TRI Virtual Race são gratuitas e podem ser feitas no site da Federação Baiana de Triatlhon, até o preenchimento das vagas. A competição online deve reunir mais de 100 pessoas, entre triatletas, corredores, ciclistas e/ou nadadores. O congresso técnico ocorre às 20h desta quinta-feira (4), por meio da plataforma virtual Google Meet.
 
O Triathlon Virtual Race é um desafio que será realizado em duas etapas – dias 9 a 14/6 (prova curta) e 22 a 28/6 (prova média). O atleta pode escolher fazer apenas uma das duas provas ou o desafio completo. Na etapa de curta distância, o atleta deverá nadar 400m, pedalar 20km e correr 5km. Já na etapa média, as distâncias serão 800m de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida. Podem participar triatletas, realizando todas as modalidades, e equipes de revezamento, onde cada atleta fará apenas uma das modalidades. 
 
A participação na prova é simples. O interessado deve confirmar a inscrição por meio do site do Febatri, escolher as modalidades no período correto e dentro das regras,  e enviar os dados de suas atividades para que sejam validados. Os atletas que optaram em comprar o kit da prova irão receber em casa a medalha e a camisa, logo após a validação dos dados.   
 
O evento tem o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte. “Com a pandemia do coronavírus, estamos todos buscando novos formatos para as relações de trabalho, sociais e também de lazer. Com o esporte não é diferente. Por isso, estamos apoiando esta competição virtual de triatlhon, cujo benefício principal neste momento é manter os atletas mobilizados e estimulados”, disse o diretor da autarquia, Vicente Neto, anunciando que competições de outras modalidades serão apoiadas pelo órgão do esporte.
Provas 
 
As provas do Triathlon Virtual Race  serão realizadas da seguinte forma: a natação, por exemplo, será feita através do “nado seco”, onde o atleta utilizará uma borracha de soro ou elástico, simulando as braçadas da natação, e deverá enviar os dados de rotação de suas braçadas referente à distância da prova registrados em seu relógio GPS ou contados e filmados, para a organização do evento realizar a validação.  
 
Já na prova de ciclismo, o atleta irá pedalar em casa, com a bicicleta presa em cima de um rolo. O ciclista irá conectar os dados de velocidade da bicicleta ao software (game) chamado Zwift, que terá uma pista virtual exclusiva para a prova, onde os atletas se encontrarão virtualmente e pedalarão de forma conjunta. A corrida poderá ser feita dentro de casa, na escada ou garagem. Em todas as modalidades, será preciso enviar os dados para a organização do evento, com transmissão automática, por meio da conexão de serviços de GPS ou por meio de fotos e vídeos. 
 
“Olhando para o momento, chegou a hora de todos nos adaptarmos. Isso serve para as pessoas, empresas e entidades, seja pública ou privada. O virtual já é uma realidade. Reconhecemos a dificuldade de reconhecer como uma prova oficial, mas os seus efeitos e consequências positivas são bastante reais. O mais notável é o seu impacto social nas pessoas, que relatam se sentir motivadas e dispostas a se adaptarem às novas condições da prática de atividades físicas. Com isso, os espaços da cidade, o meio ambiente e as relações humanas serão ainda mais valorizadas daqui para frente “, disse Cleber Castro, presidente da Federação Baiana de Triathlon (FEBATri).
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: