Educação

Professores da rede estadual dão aulas por plataformas digitais

Muitos professores da rede estadual estão usando plataformas digitais para estabelecer uma rotina de ensino e aprendizagem com os estudantes. Uma das ferramentas que vêm sendo utilizadas é Youtube. É o caso da professora de Biologia, Andreia Sarraf, do Colégio Estadual Senhor do Bonfim, no bairro dos Barris, em Salvador. A iniciativa visa estabelecer uma rotina de estudos e motivar os alunos neste período de suspensão das aulas presenciais, como medida de prevenção à doença Covid-19, causada pelo Coronavírus.

A professora Andreia Sarraf explica que já tem uma página no Instagram, batizada de Biologia Sarraf (@biologiasarraf) e que intensificou as aulas digitais nas Salas de Aula do Google. “O Biologia Sarraf é a rede social que sempre utilizei com os alunos, independentemente deste momento que estamos vivendo. Quando começou todo este processo da chegada do Coronavírus e antes mesmo da determinação da suspensão das aulas, eu já tinha alertado a eles que, caso viesse acontecer isso, a gente ia manter a nossa comunicação e as atividades pelo Biologia Sarraf”, conta.

Diante da demanda aumentada, por conta da suspensão das aulas por 30 dias, a educadora percebeu que precisaria ampliar a sua atuação nas redes com os estudantes. “Vi que a gente precisaria de uma outra plataforma para passar as atividades, daí eu criei salas de aula no Google: uma para o 3º ano e outra para o 2º ano. Vou gravando as videoaulas e passando para eles. Eles têm gostado muito e continuo com meus mapas  mentais, que é uma técnica criada na década de 1970 e consiste em uma espécie de diagrama que une palavras e imagens que ajuda muito no aprendizado porque ativa o cérebro e faz com que o aluno memorize mais facilmente os conteúdos. Dentro do possível, estamos conseguindo manter as nossas aulas ativas”.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: