Internacional

Vacina de Oxford deverá ter eficácia equivalente a da Pfizer e Moderna, diz CEO

Único investimento em vacinas efetivado pelo governo federal, a candidata de Oxford, desenvolvida com a AstraZeneca terá uma eficácia similar aos imunizantes da Pfizer/BioNTech e da Moderna, que atingiram um patamar de 95% de proteção contra a Covid-19. A informação foi veiculada pelo CEO da farmacêutica AstraZeneca, Pascal Soriot, em entrevista ao jornal britânico Sunday Times. 

 

Segundo reportagem de O Globo, a agência reguladora britânica deve aprovar a fórmula da empresa na próxima semana, e espera-se que comece a ser aplicada no país no dia 4 de janeiro.

 

Sem dar maiores detalhes sobre a dosagem a ser adotada, Soriot garantiu que as informações serão publicadas em um estudo. Segundo o governo do Reino Unido, os dados completos já foram apresentados à Autoridade Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês).

 

O imunizante é testado no Brasil e é, até o momento, a única fórmula adquirida pelo governo federal. Ao todo, 100 milhões de doses já foram encomendadas e há previsão de transferência de tecnologia para a produção nacional por meio da Fiocruz.

Fonte:bahia noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: