Educação

Secretaria lança conteúdos virtuais do Programa Universidade para Todos voltados para o Enem

A Secretaria da Educação do Estado lançou, nesta segunda-feira (13), o projeto Universidade para Todos (UPT) Estude em Casa. O objetivo é estimular e motivar a preparação dos estudantes beneficiários do UPT para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para os vestibulares, neste período de isolamento social, por causa do combate ao coronavírus. 
 
O UPT é realizado em parceria com as quatro universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb) e faz parte da política de acesso ao Ensino Superior. Com o UPT Estude em Casa, os estudantes terão ainda mais conteúdos agregados aos já existentes no Portal da Educação, dentro da  Plataforma Anísio Teixeira.
 
Durante live no canal do Youtube da Educação Bahia, o subsecretário da Educação, Danilo Souza, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues, explicou da dinâmica desenvolvida pela secretaria. “O importante é que não percamos tempo e possamos disponibilizar todo o material que possa ser utilizado pelos estudantes neste momento de isolamento social, apresentando alternativas para o aprendizado, em um projeto que alcança jovens de comunidades quilombolas, indígenas, ribeirinhas, entre outros”, enfatizou.
 
O reitor da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb) e presidente do Fórum dos Reitores das Universidades Estaduais Baianas, Luiz Otávio de Magalhães, destacou a importância social do UPT. “As universidades têm a convicção de que é um projeto altamente exitoso e participamos com muito prazer. Uma das marcas do ensino das universidades públicas é a estratégia de emancipação social, visando combater um problema estrutural que é a desigualdade”, disse.
 
O coordenador executivo de Projetos Estratégicos da secretaria, Marcius Gomes, ressaltou a importância do projeto UPT Estude em Casa. “Esta é mais uma oportunidade de aprendizado com o objetivo de diminuir o impacto desta paralisação na rotina escolar. Estamos desenvolvendo uma grande rede de aprendizagem, dando ao estudante a chance de buscar conteúdos e informações necessárias à sua  formação, melhorando o seu conhecimento”.
 
A coordenadora do UPT na secretaria, Patrícia Machado, ainda esclareceu que, após à pandemia, as inscrições serão abertas para o UPT presencial. “Estamos com tudo preparado para quando passarmos por este momento de isolamento. A perspectiva é que tenhamos uma oferta de 15 mil vagas, com implementação do projeto em 155 municípios do Estado da Bahia, com 246 locais de funcionamento”, afirmou.
 
UPT
 
Marcada pela abrangência nos 27 Territórios de Identidade, o Projeto Universidade para Todos constitui-se em uma ação voltada para o fortalecimento da política de acesso à Educação Superior, direcionada aos concluintes e egressos do Ensino Médio da rede pública estadual de ensino. Ao longo de 10 anos, o UPT já possibilitou o ingresso ao Ensino Superior em diversos cursos para, aproximadamente, 22 mil estudantes.
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: