Política

‘Se priorizar a Câmara, o candidato de nosso partido será Elmar’, diz Azi sobre eleição

O Democratas irá disputar a presidência de apenas uma das casas legislativas nacionais. Caso a decisão seja a eleição na Câmara dos Deputados, o nome democrata na disputa será de Elmar Nascimento (DEM). Pelo menos é o que defende o correligionário e conterrâneo Paulo Azi. De acordo com o presidente do diretório baiano do partido, a tática da legenda será priorizar a disputa ou na Câmara ou no Senado Federal.

 

“Estamos neste momento definindo a linha de conduta do partido, por conta da decisão do STF, que para nós não é surpresa. A tendência é de que o partido priorize a eleição em uma das duas casas, pois sabemos que é muito difícil acontecer o que aconteceu há dois anos [eleição de dois presidentes do mesmo partido]. Então o partido enxerga que temos que priorizar. É discutir a estratégia. Se priorizar a Câmara, o candidato de nosso partido será Elmar Nascimento, ou priorizando o Senado e aí teria também um senador de nosso partido”, revelou o deputado ao Bahia Notícias.

 

Descartando sua candidatura para a Câmara, Azi comentou que seu foco será para dar a contribuição para o partido na Bahia. O presidente do Democratas Bahia também enalteceu o mandato do correligionário e disse que Elmar reúne todas as qualificações para ser presidente da Câmara.

 

“Ele tem tido um mandato reconhecido por muitos. Foi um grande líder do partido.  Essa discussão está em andamento e até a próxima semana a decisão será tomada. Estamos torcendo muito para a candidatura de Elmar se consolide”, pontuou. 

 

DISPUTA NA CÂMARA AQUECIDA

Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de barrar a possibilidade de reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) (veja aqui), alguns nomes já se colocaram na disputa. 

 

Aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Arthur Lira (PP-AL) já lançou sua candidatura à presidência da Câmara dos Deputados na última quarta-feira (9) (reveja aqui). O parlamentar é líder do Centrão na Casa e possui um grupo composto por PL, PP, PSD, Solidariedade e Avante e soma 135 deputados.

 

O bloco que, caso Elmar seja candidato a presidência da Casa deve liderar, é composto por  DEM, PSL, MDB, PSDB, Cidadania e PV e reúne 147 deputados. Líderes desses seis partidos anunciaram, também na última quarta-feira (9), a formação desse bloco para a disputa Câmara dos Deputados (relembre aqui).

Fonte:bahia noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: