Cidades

Salvador adere ao gov.br para ampliar serviços digitais aos cidadãos

Salvador é a mais nova capital a fechar parceria com a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia e aderir ao gov.br , que dispõe de uma rede para impulsionar e integrar as iniciativas por um governo 100% digital. O Distrito Federal, 12 estados e 42 municípios já participam dessa ação, que visa acelerar a digitalização com foco no usuário dos serviços públicos.  

Ao aderir à rede, os participantes assumem o compromisso de seguir as diretrizes e regras do governo federal sobre a oferta dos serviços públicos digitais e a simplificação do atendimento prestado aos usuários. Uma das soluções digitais oferecidas pelo gov.br são as plataformas com autenticação única de usuários, para que a população utilize apenas um login e uma senha para acessar os mais diversos serviços públicos digitais. 

O prefeito Bruno Reis destaca que, nos últimos anos, Salvador tem trabalhado na realização de ações no âmbito digital e, atualmente, desenvolve o Plano Diretor de Tecnologia e Inovação do município. “Essa adesão ao gov.br é um passo importante para tornar Salvador cada vez mais digital, com prestação eficiente e ágil dos serviços públicos e, assim, contribuir para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos”, afirma. 

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Paes de Andrade, destaca a importância das parcerias entre o governo federal e os demais entes federados para expandir a transformação digital no país, em uma atuação articulada e colaborativa. “A transformação digital é o caminho para reduzir a burocracia, melhorar o ambiente de negócios do país e facilitar a vida dos cidadãos brasileiros. A integração das ações do governo federal com estados e municípios é fundamental para ampliarmos a oferta de serviços digitais à população”, pontua. 

Demais vantagens – De natureza colaborativa, o gov.br ainda oferece apoio a financiamento junto aos agentes de fomento nacionais e internacionais, com o intuito de levantar possibilidade de oferta de linhas especiais de financiamento voltadas para ações de transformação digital. Além do apoio metodológico para a transformação digital dos serviços públicos, a Rede Nacional de Governo Digital promove também programas de formação e de desenvolvimento de habilidades relacionados à transformação digital para servidores públicos. 

O uso da ferramenta federal também possibilita economia aos cofres públicos. De acordo com a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, o custo de cada serviço digitalizado é reduzido em 97%, em média, em relação à forma presencial. 

Na avaliação do secretário municipal de Inovação e Tecnologia (Semit), Samuel Araújo, a capital baiana deu um passo importante para a desburocratização ao aderir ao gov.br. “Além de permitir ao município a integração de serviços digitais com as plataformas do governo federal, através de um login único, a participação na Rede Nacional de Governo Digital vai reduzir a burocracia e facilitar ainda mais a vida do cidadão soteropolitano”. 

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: