Política

Roma anuncia novo tempo para Capim Grosso com Canal do Sertão

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), anunciou novos tempos para a região de Capim Grosso com o Canal do Sertão Baiano, que enfim começa a se tornar realidade no governo Bolsonaro.

“O presidente Bolsonaro autorizou as obras do Canal do Sertão Baiano e o projeto básico já está sendo executado. A iniciativa é o sexto eixo da Transposição do Rio São Francisco e vai perenizar os rios Itapicuru e Jacuípe para levar água a toda região”, afirmou em entrevista à rádio Transbrasil, de Capim Grosso, nesta segunda-feira (16).

Com investimentos totais de R$ 4,62 bilhões, o Canal do Sertão Baiano vai garantir o abastecimento de água para consumo humano e de animais em 44 cidades do interior da Bahia, Capim Grosso entre elas, além de criar condições para as atividades agrícolas e de mineração.

“Se eleito governador, vou incrementar ainda mais essa iniciativa do presidente Bolsonaro com a Secretaria do Semiárido, que dará todo o apoio ao desenvolvimento das potencialidades econômicas para a prosperidade de milhões de baianos que vivem na maior parte do território baiano, onde há escassez de água”, disse Roma.

Além de oferecer assistência técnica, extensão rural e acesso a novas tecnologias, o pré-candidato bolsonarista informou que a Secretaria do Semiárido vai simplificar a burocracia. “Não tem cabimento que o produtor rural leve muitas vezes anos para conseguir perfurar um poço, por causa da trava na outorga”.

A exemplo do presidente Bolsonaro, que, quando diz mais Brasil e menos Brasília, indica que as ações governamentais devem chegar na ponta, o ex-ministro da Cidadania se propõe também a governar próximo do cidadão baiano, atendendo a seus anseios. “Será uma mudança de verdade. Nada de viver na propaganda do PT e não fazer nada”.

Roma garantiu que a postura será outra. “Não vamos transferir responsabilidades como têm feito os governos petistas. Vamos encarar os problemas e resolvê-los, Vamos frear a desenfreada violência que assola a Bahia, oferecer uma assistência digna à saúde e um ensino de qualidade aos nossos jovens, dando-lhes perspectivas reais de uma vida melhor”.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: