Porto Seguro

Qualificação dos profissionais e aumento da adesão do DIU

Médicos que atuam na Atenção Básica de Porto Seguro estão participando de  treinamentos direcionados a inserção de DIU, dispositivo intra-uterino, um dos métodos contraconceptivos mais eficazes, que potencializa a ampliação ao acesso do planejamento sexual-familiar seguro.

“A Secretaria de Saúde está reforçando as ações voltadas à garantia dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres em Porto Seguro. Uma das medidas é a ampliação do número de profissionais capacitados na inserção do DIU, um dos mais eficazes métodos contraceptivos disponíveis gratuitamente pelo SUS. Buscamos com as capacitações periódicas, atualizar os profissionais tornando-os aptos para executar o procedimento, ampliando assim, o número de serviços de referência para inserção do dispositivo, fortalecendo a oferta, bem como o acesso as mulheres”, destaca a diretora do programa de saúde da mulher, Vanessa Trevisol

Treinamento teórico e prático 

Ministrados pela ginecologista Sônia Vitorelli, os treinamentos, subdivididos em teórico através de oficina, também realizam aulas práticas nos consultórios das unidades de saúde, com a inserção do DIU.

Pioneirismo

As capacitações, desenvolvidas desde 2019, estão integradas ao calendário de aperfeiçoamento e extensão implantado na Atenção Básica, junto ao Programa Saúde da Mulher, coordenado pela enfermeira Vanessa Trevisol

O projeto, inovador e pioneiro, tem conduzido o município ao avanço da referência para médicos e enfermeiros aplicarem o método de longa duração, como os DIUs (dispositivo intra-uterino) de cobre, durante as consultas ginecológicas com mulheres que têm ou não filhos.

Expansão do DIU em números

 Porto Seguro registra crescimento na produção ambulatorial de inserções de DIU no SUS para mulheres residentes na cidade. Entre 2018 a setembro de 2020, foram 767 pacientes que aderiram uso do método contraceptivo.

Usado em todas as faixas etárias 

O DIU é um método contraceptivo de longa duração e alta eficácia, disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Pode ser utilizado em todas as fases da vida, assim como no pós-parto. O contraceptivo é de fácil inserção e baixo índice de complicações, potencializa o planejamento familiar através do dispositivo intra-uterino. Para prevenção das infecções sexualmente transmissíveis (HIV/Aids, sífilis e hepatites virais), o método mais seguro é o uso de preservativo masculino ou feminino.  

Fonte:A gazeta bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: