Cidades

Operação destrói 41 carvoarias ilegais em Encruzilhada e Cândido Sales

Uma operação nos municípios de Encruzilhada e Cândido Sales, no Sudoeste, destruiu 41 fornos usados para a produção ilegal de carvão. O resultado da ação foi divulgado nesta segunda-feira (7) pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), através da Unidade Regional (UR) de Vitória da Conquista. Cada carvoaria ilegal tinha capacidade para queimar quatro metros estéreis de madeira por fornada.

 

Com apoio da Polícia Militar, o Inema ainda apreendeu mais de 30 metros estéreos de madeira nativa em forma de lenha. A operação também constatou a devastação de mais de 100 hectares de mata atlântica, bioma altamente sensível com raros remanescentes de vegetação nativa. Ainda segundo o instituto, os trabalhos realizados nas carvoarias ocorriam em condições extremamente precárias. Durante a ação, nenhum responsável pelas carvoarias ilegais foi encontrado. Eles teriam evadido do local ao perceber a presença da fiscalização. No entanto, diz o Inema, vários proprietários dos imóveis rurais fiscalizados foram identificados e responderão pelos crimes ambientais.

 

“A gente vinha recebendo muitas denúncias de comércio ilegal de carvão nesses municípios. Por isso, resolvemos verificar as informações pessoalmente através de uma operação técnica, com o apoio da Polícia Militar. Chegando lá, identificamos a atividade ilegal, e, prontamente, tomamos as medidas necessárias para combatê-la, visando minimizar os impactos de desmatamento e do comércio ilegal de madeira nativa”, relata o coordenador da UR de Vitória da Conquista, Glauber Guerra.

Fonte:bahia noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: