Cidades

Obras da Maternidade de Camaçari têm previsão de conclusão em setembro

Em ritmo acelerado, as obras da Maternidade de Camaçari estão com previsão para serem finalizadas em setembro, foi o que conferiu a secretaria da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, que fez uma vistoria, nesta quarta-feira (29), na unidade que está sendo construída. Para a construção da maternidade estão sendo investidos cerca de R$ 44,2 milhões.

A maternidade contará com 82 leitos de internação nas especialidades de obstetrícia clínica e cirúrgica, com gestão de alto risco, dez leitos de UTI neonatal (Utin), dez leitos de UCI neonatal (Ucinco), 5 leitos de UCI neonatal canguru (Ucinca) e 5 leitos de PPP (pré-parto, parto e pós-parto). Com três pavimentos, o prédio terá uma área de 10,2 mil m². A nova unidade estará dotada com modernas instalações que abrigará leitos, ambulatórios e espaços para ensino e pesquisa.

A secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, destaca que o Governo do Estado tem feito um grande investimento na assistência materno-infantil. Ela aponta que, somente nos últimos oito anos, foram entregues a Maternidade do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, a Maternidade Frei Justo, em Seabra, a Maternidade Maria da Conceição de Jesus, em Salvador, e o Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus.

“É essencial que ofereçamos uma boa assistência à mulher em um dos momentos mais importantes da sua vida, que é o parto. Estamos vencendo barreiras na assistência materna, reduzindo o risco de morte materna e neonatal. Fica cada vez mais evidente a importância de se ter equipamentos de qualidade como esses que já foram entregues e a [maternidade] que agora está sendo construída”, afirma a secretária

Também nesta quarta-feira, a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, fez uma vistoria no Hospital Geral de Camaçari. Referência para moradores de 25 municípios da Bahia, a unidade vem recebendo sucessivos investimentos do Governo do Estado.
O HGC, que passou a contar com 216 leitos em agosto de 2021, 49 a mais que anteriormente, continua sendo requalificado. Obras de urbanização, visando à implantação de praça de alimentação, incluindo a construção de guaritas, quiosques e sanitários, além de reforma da recepção e fachada principal, estão sendo feitas na unidade. Para estas intervenções, estão sendo investidos cerca de R$ 2,5 milhões.

A secretária Adélia Pinheiro destaca que o Governo do Estado tem investido na área de saúde melhorando ainda mais o atendimento à população. “Nos últimos 16 anos, a Bahia teve o reforço de 20 novos hospitais e os que já integravam a rede passaram por alguma reforma ou ampliação. Não foi diferente aqui no HGC. Somando a ampliação de leitos e a requalificação que estão sendo feitas, foram investidos cerca de R$ 11 milhões”, afirma.

O HGC presta atendimento em diversas especialidades como clínica médica, pediatria, obstetrícia, neurologia clínica, neonatologia, cardiologia e nefrologia.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: