Eleições 2020

Jequié: Justiça Eleitoral determina exclusão de vídeo fake sobre Zé Cocá publicado no Facebook e blog de notícias

 

O juiz Rodrigo Medeiros Sales, da 22ª Zona Eleitoral de Jequié, determinou a exclusão de um vídeo compartilhado nas redes sociais do candidato à Prefeitura James Meira (Patriota), além de outras três páginas na internet e do blog Jequié Repórter, sob pena de pagamento de multa no valor de R$ 5 mil.

A representação foi feita pela coligação ‘Por Uma Jequié Mais Forte’, de acordo com a qual foi compartilhado nos perfis indicados um “vídeo com informações falsas e fraudulentas, objetivando denegrir a imagem da coligação (…) que tentam imputar ao candidato da Coligação Representante conduta irregular, pois estaria se utilizando de um trator cedido pelo Governo do Estado a uma comunidade rural de Jequié para se beneficiar eleitoralmente”.

Ainda segundo a representação, “os fatos narrados no vídeo não seriam verdadeiros, pois o trator mencionado já fora entregue àquela comunidade rural em agosto deste ano”.

Diante disso, o juiz eleitoral afirmou que “as assertivas lançadas contra o candidato possuem potencial de constituir, para além de irregularidade eleitoral, também crime contra a honra, razão pela qual presentes os requisitos autorizadores mínimos para a requisição judicial de dados e registros eletrônicos”.

O juiz Rodrigo Sales também solicitou ao Facebook que, em 48 horas, que entregue “os registros de conexão e de acesso a aplicações de internet, de forma autônoma ou associados a dados cadastrais, a dados pessoais ou a outras informações disponíveis que possam contribuir para a identificação do usuários relacionados aos perfis”, com exceção de Wilson Novaes, que é de identidade conhecida.

Em conversa com o jornalista Wilson Novaes, ele afirmou que tomou conhecimento da determinação judicial, o que o levou a retirar imediatamente a publicação do blog. Ele disse ainda que acreditou na credibilidade da informação recebida e construiu a notícia acreditando na veracidade dos fatos.

Já James Meira declarou que “o conteúdo foi divulgado apenas no “storie” de seu Instagram, não havendo necessidade de remoção”, uma vez que ficou disponibilizado apenas por 24 horas nas redes sociais.

Fonte:BNews

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: