Sem categoria

Itabuna: Santa Casa e prefeito debatem medidas para resolver distorções na saúde

O provedor em exercício da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Antônio Augusto Monteiro, acompanhado da diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, Fabiane Chavéz, e do assessor médico do HMN, John Leahy Filho, debateu, na noite desta quinta-feira (7), com o prefeito Augusto Castro (PSD), e com a secretária Municipal de Saúde, Lívia Mendes, uma série de medidas para sanar o problema recorrente nos serviços da rede materno-infantil. A superlotação no HMN também foi um dos assuntos discutidos.

Referência no sul da Bahia no atendimento em Ginecologia e Obstetrícia, Neonatologia de alto risco e Pediatria Cirúrgica, o HMN tem sofrido com a superlotação gerada por causa da suspensão de serviços na Maternidade Santa Helena, em Ilhéus, e falta de profissionais na Maternidade Ester Gomes, em Itabuna. No período de 28 de dezembro a 5 de janeiro, por exemplo, o Manoel Novaes registrou aumento de quase 70% no número de atendimentos.

Durante a reunião de ontem, o provedor em exercício Antônio Augusto Monteiro apresentou sugestões para melhorar os serviços da rede atenção básica de saúde com relação ao atendimento maternoinfantil. O médico destacou a importância das unidades de saúde disponibilizarem equipes completas e com pessoal treinado para possibilitar a assistência correta ao paciente. “Caso o serviço funcionasse como deveria, não haveria nem necessidade de envio de boa parte dos pacientes para os hospitais”, observou.

O provedor em exercício explicou também que, nos últimos anos, o Manoel Novaes tem atendido moradores de 84 municípios na área de obstetrícia, mas está contratado para disponibilizar serviços para 22 localidades. “Isso tem gerado um grande prejuízo para a Santa Casa. Temos feito muito mais atendimentos do que a quantidade prevista em contrato. Precisamos resolver isso porque não temos como manter as portas abertas do jeito que está”.
Prefeito Augusto Castro.

O prefeito Augusto Castro concordou que os serviços básicos de saúde precisam urgente de melhorias. Ele afirmou que as medidas já estão sendo adotadas para resolver as distorções e melhorar o atendimento também nas unidades que funcionam como porta de entrada, como Unidade de Pronto Atendimento UPA), no bairro Monte Cristo, e Maternidade Ester Gomes.

O prefeito disse ainda que está trabalhando para garantir investimentos para média e alta complexidade e que na próxima semana tentará uma agenda com o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. A reunião de ontem também contou com a participação de secretários municipais, diretores e membros da provedoria da SCMI.

Fonte:politicos do sul da bahia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: