Sem categoria

Itabuna: Hospital Calixto Midlej conclui readequação e abre leitos para Covid-19

O Hospital Calixto Midlej Filho (HCMF) concluiu, nesta segunda-feira (14), a readequação de leitos adultos exclusivos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e na enfermaria (leitos clínicos). Com a abertura dessas 12 vagas, seis delas para pacientes com quadro de saúde mais grave, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI) atendeu a uma solicitação da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

A diretora técnica do HCMF, a médica Lívia Mendes, explica que os leitos instalados na Unidade Cardio Intensiva (UCI), que foi reformada recentemente e foi novamente adaptada para receber pacientes com Covid-19. “Temos uma estrutura flexível e estamos prontos para atender a novas solicitações da Sesab de ampliação de vagas clínicas”, assegura a médica.

Lívia Mendes destaca ainda que não houve dificuldade na formação das equipes para atendimento aos novos pacientes. “Nossas equipes são preparadas, pois atuaram por mais de oito meses no enfrentamento à Covid-19 e foram responsáveis por centenas de atendimentos, incluindo muitos a pacientes que chegaram em situação muito grave e que conseguimos tratar, retornando ao convívio com as suas famílias”, lembra a diretora técnica.

“Inclusive aproveito para agradecer, pois já recebemos 4 respiradores do Estado da Bahia para ajudar na reestruturação da unidade intensiva para Covid-19”, enfatiza a diretora Lívia Mendes.

A abertura dos 12 leitos para pacientes SUS no Hospital Calixto Midlej Filho foi acertada durante reunião, na última quarta-feira (9), em Salvador, com o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas. Participaram do encontro o provedor em exercício da Santa Casa de Itabuna, o médico Antônio Augusto Monteiro, o 1º tesoureiro Peter Deviris e o consultor André Fernando Wermann.

MANOEL NOVAES

Com a abertura dos leitos no HCMF, o número de vagas exclusivas para pacientes Covid-19 nos dois hospitais da Santa Casa de Itabuna sobe para 25. Os outros 13 leitos são pediátricos e estão no Hospital Manoel Novaes. São 10 vagas em leitos clínicos (enfermaria) e outras três em UTI, que desde abril têm recebido pacientes de todas as regiões do estado.

A diretora técnica do HMN, Fabiane Chávez, afirma que desde o início da implantação dos leitos que não param de chegar pacientes com suspeita e/ou positivados para o novo coronavírus. “Somos uma das poucas unidades no interior da Bahia com serviços para pacientes Covid-19”, relata. Os pacientes atendidos nos dois hospitais são regulados pela Sesab.

Fonte:politicos do sul da bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: