Eleições 2020

Itabuna: Comício eletrônico bombou e foi sucesso de público no Zoom e nas redes sociais

O primeiro comício virtual realizado pela coligação Deixa Fernando Trabalhar bombou nas redes sociais e, com a lotação da sala do Zoom, centenas de espectadores tiveram de migrar para o Facebook, Instagram e Youtube gerando lentidão em alguns momentos na recepção de imagens e som, o que não comprometeu o sucesso do evento. O comício, gerado nos estúdios da Ação Propaganda deve ser repetido ainda nos próximos dias que antecedem o pleito da sucessão municipal em Itabuna, por ser um instrumento de contato com os eleitores, obedecendo aos protocolos de segurança sanitária num tempo de distanciamento social provocado pela pandemia de covid-19, um problema que afeta a todos os países do mundo.

O evento reuniu o candidato à reeleição, Fernando Gomes, que tenta o sexto mandato, além de Son Gomes e dirigentes do PTC, Elias Fernandes; do Republicanos, José Carlos Trindade; Neide de Carlito, do Solidariedade; João Batista Filho, do PMN e Binho Shalon, do PSL, que elogiaram a ideia pioneira do comício eletrônico . Ele convocaram uma grande mobilização para eleição da chapa majoritária e de uma bancada de vereadores para apoio às ações e projetos de governo no legislativo municipal.

Fernando Gomes fez um discurso emocionado, destacando que a sua campanha será marcada por ações propositivas, comprometidas com a realização de um elenco de obras que incluem a compra de uma usina asfálticas para pavimentar e urbanizar todos os bairros da cidade. O projeto inclui ainda uma nova ponte e uma passarela sobre o rio Cachoeira, além da implantação do parque da cidade e da ligação da BR-101 à BR-415, na Urbis IV, passando pelo Hospital de Base.

Como candidato à reeleição, ele destacou que “este é um dia de alegria, com a realização do primeiro comício eletrônico, uma forma inteligente para uma conversa com os eleitores.” Ele também falou das dificuldades enfrentadas nesta gestão, lembrando que o seu governo tem apenas os dois últimos anos com a execução de obras, uma vez que os dois primeiros foram para arrumar as contas públicas e colocar o trem nos trilhos.

Para Fernando Gomes, uma das medidas que pretende adotar após a reeleição é renegociar a dívida do município com a previdência social, o que não foi realizado até o momento, porque o prazo oferecido pelo governo foi de apenas 100 meses, o que afetaria as contas publicas do município. Falou dos ajustes na previdência dos servidores, primeiro passo para a solução do problema.

Mas, sem dúvida, o maior problema enfrentado nesta gestão foi, segundo Fernando Gomes, a pandemia da covid-19, que afetou mais de 13 mil pessoas, deixou mais de 300 mortos e paralisou o comércio por mais de 100 dias, deixando um saldo negativo de desemprego e agravando problemas sociais, afetando também o sistema de transporte para a população, com a inviabilização das empresas prestadoras deste serviço.

Ao considerar que o comércio já começa a reagir e Itabuna retoma as suas atividades, ele destaca que “fizemos o possível no enfrentamento do novo coronavírus, mas não podemos esquecer o trabalho dos médicos, enfermeiros e equipes de apoio que atuaram no atendimento aos pacientes com a doença”.

Fernando Gomes destacou ainda os investimentos no reequipamento do Hospital de Base, com a incorporação de mais 27 leitos de UTI, que se somam a outros nove já existentes e a implantação de mais 92 leitos clínicos, que vão servir para transformação daquela unidade hospitalar em uma das melhores do interior do estado. A unidade teve a sua capacidade de oxigênio duplicada, incorporou de novos equipamentos de ponta, inclusive um aparelho de ressonância de última geração adquirido por R$ 5,6 milhões.

Lembrando que “Itabuna sabe quem sou e já me elegeu por oito mandatos – cinco para prefeitos e três para deputado federal. Estou na vida publica há 47 anos e acho que valeu a pena todo o trabalho e esforço, estou voltando agora para concluir um projeto de governo iniciado há quatro anos e para concluir a missão que a política me concedeu, “ complementou Fernando Gomes.
Ele lamentou as perseguições que sofreu ao longo da sua trajetória política e dos inúmeros processos que enfrentou, mas nenhum deles por roubo, corrupção ou obras que caíram, lembrando que agora, esta campanha é também marcada pelo valor sentimental do voto de amor e de gratidão, o que tem sido correspondido pela população.

O candidato a vice pela coligação Deixa Fernando Trabalhar, Son Gomes começou o seu discurso lembrando que faltavam 19 dias para a eleição e que a opção é o caminho do trabalho: “por isso o itabunense não errará na sua escolha, afinal nós sabemos quem faz, quem trabalha e quem ama esta terra. Itabuna também não aceita aventureiros”, argumentou.

Ele elogiou a capacidade de trabalho e a dedicação de Fernando Gomes a Itabuna. Salientou que ao longo dos dois últimos mandatos que antecederam ao atual governo Itabuna foi abandonada e “coube a nós a tarefa de reconstruí-la com amor, muito trabalho e dedicação.” Ele convocou a todos para uma grande mobilização e para a vitória de Fernando Gomes em 15 de novembro.

Fonte;Politicos do sul da bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: