Itabuna

Itabuna: Augusto aposta na geração de emprego e renda no pós-pandemia

O pós-pandemia será o maior desafio para os futuros gestores municipais, a prova disso foi a queda em quase 10 pontos percentuais do PIB brasileiro no último trimestre. O ex-deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PSD, Augusto Castro, trabalha com propostas de enfrentamento desse déficit e seus efeitos em diversas áreas.

Criar meios que possam atrair investimentos que gerem emprego e renda para impulsionar a economia no pós-pandemia será uma bandeira do pré-candidato. “Reduzir a desigualdade social, priorizar a educação de qualidade, a tecnologia e inovação e fomentar a geração de emprego e renda, desburocratizando a máquina pública a fim de atrair investimentos privados, estabelecer parcerias público-privado e utilizar do nosso fácil trânsito nas esferas de governo estadual e federal atraindo investimentos, que serão de máxima importância no pós-pandemia”, assegura Augusto.

O pré-candidato acredita que buscar vetores de crescimento, estimular a economia e oferecer condições para que a iniciativa privada possa investir na cidade com segurança, é visto como pontos fundamentais para fazer Itabuna voltar a se desenvolver. “A economia da cidade já estava estagnada antes da pandemia, com o advento do novo coronavírus, a situação complicou ainda mais. Por isso, temos que perseguir uma retomada econômica que nos garanta a geração de empregos e renda”, disse Castro.

Pólo na Área de Saúde

O pré-candidato Augusto lembra que Itabuna já figurou por muito tempo como uma cidade polo em prestação de serviços na área da saúde, e que perdeu esse lugar de destaque devido às más gestões, chegando a perder a gestão plena*. “Itabuna atraia pessoas das regiões do Baixo-sul, Extremo-sul, e inclusive, do Sudeste da Bahia, sendo que até mineiros e capixabas buscavam atendimento em nossa cidade. Infelizmente, perdemos esse referencial. Entretanto, vamos trabalhar para devolver essa marca à cidade, pois temos bons prestadores de serviço, bem como hospitais e clínicas de referência, cabendo à prefeitura uma relação respeitosa junto a esses prestadores de serviços”. Castro reitera que, “o papel da prefeitura em um futuro governo nosso, é ser a mola-mestra da economia, fomentando o desenvolvimento socioeconômico, proporcionando qualidade de vida, elevando a autoestima de toda nossa gente no pós-pandemia. Esse é o compromisso que assumo”, finaliza o pré-candidato do PSD.

Fonte:Políticos do sul da Bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: