Brasil

Governo Bolsonaro pede doação da Codeba para programa de Michelle Bolsonaro

O Palácio do Planalto pediu uma doação da Companhia das Docas da Bahia (Codeba) para o programa Pátria Voluntária, coordenado pela Casa Civil da Presidência da República e comandado por um conselho liderado por Michelle Bolsonaro, esposa do presidente. 

 

De acordo com o The Intercept Brasil, o Planalto confirmou em nota o envio do ofício com o objetivo de verificar a possibilidade da companhia contribuir com ações e mobilização para o projeto coordenado por Michelle Bolsonaro. 

A Codeba é uma empresa majoritariamente estatal, cujo o principal acionista o governo federal. A relação estatal da empresa a torna especialmente suscetível a um pedido de dinheiro que interessa ao governo e à esposa do presidente. 

Além da companhia baiana, os portos de Santos e do Rio de Janeiro também confirmaram o recebimento de pedidos em nome da primeira-dama. 

Em nota à reportagem, a Secretaria Especial de Comunicação Social do Planalto negou que o pedido tenha sido de dinheiro, mas de “ações e mobilização para o projeto Brasil Acolhedor, lançado em abril de 2020 com com o objetivo de mobilizar o governo federal e a sociedade civil para auxiliar as pessoas mais vulneráveis impactadas pela pandemia do coronavírus”.

Procurada, a Codeba declarou não ter realizado a doação pedida pelo Planalto, por falta de tempo para isso.

Fonte:Bahia Noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: