Política

Flávio Dino quer autorização do STF para comprar vacina sem aprovação da Anvisa

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) não quer esperar a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para adquirir vacinas contra a Covid-19. Em postagem no Twitter, ele anunciou que ingressou com uma ação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir essa autonomia aos estados.

 

“Objetivo é que estados possam adquirir diretamente vacinas contra o coronavírus autorizadas por agências sanitárias dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e China. Com isso, estados poderão atuar, se o governo federal não quiser”, alfinetou. Essa pauta vem sendo politizada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que, por exemplo, resiste a adquirir a Coronavac porque ela é desenvolvida por um laboratório chinês (veja aqui), mas também por governadores. 

 

Até o momento, nenhuma empresa pediu solicitação à Anvisa para vacinar a população brasileira. As farmacêuticas Pfizer e BioNtech pediram autorização para a vacinação em caráter emergencial nos Estados Unidos e na União Europeia, onde já obteve um retorno positivo do órgão de vigilância do Reino Unido. Com isso, a vacinação foi autorizada e iniciada nesta terça-feira no país, o primeiro do mundo a alcançar esse feito (veja aqui).

 

Já no Brasil, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou o início da vacinação para 25 de janeiro (veja aqui). No entanto, a Coronavac, que é a vacina que será produzida pelo Instituto Butantan, ainda não apresentou sua eficácia nem os resultados da terceira fase de testes.

Fonte:bahia noticias

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: