Política

Em Santo Antônio de Jesus, Jerônimo reúne 20 prefeitos e destaca importância da Ponte Salvador-Itaparica para a região

“Nosso grupo faz política com o coração, com a alma. Nós vamos cuidar da indústria, do agronegócio, mas seguiremos cuidando de quem mais precisa na Bahia”, afirmou o pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, durante a 13ª plenária territorial do Programa de Governo Participativo (PGP), em Santo Antônio de Jesus, neste domingo (5). O petista se emocionou ao falar sobre a origem simples e as dificuldades que enfrentou na vida: “tenho orgulho de ter nascido na roça, em um lugar onde as pessoas cuidam umas das outras”.

Ao lado dos pré-candidatos ao Senado, Otto Alencar (PSD), e a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), e diante de uma plateia completamente lotada Jerônimo reafirmou seu compromisso em dar continuidade ao trabalho de Rui Costa (PT). “Depois de realizarmos a maior atividade de pré-campanha ao Governo em toda a Bahia, ontem, em Itabuna, hoje foi dia de escutar o que o povo do Recôncavo espera do nosso projeto, que vai caminhar junto com Lula a partir de 2023”. Durante a plenária, Jerônimo recebeu os títulos de cidadão de Santo Antônio de Jesus e de Cruz das Almas, concedidos pelas respectivas Câmaras Municipais. O petista falou de sua alegria com a homenagem e afirmou que se considera “cidadão do Recôncavo Baiano”.

O ex-secretário de Rui Costa afirmou que “dialogará forte com Lula” para que o programa de governo do próximo presidente do Brasil inclua pautas importantes para o Recôncavo, como o Estaleiro Paraguaçu e a duplicação da BR-101. Em relação aos projetos do Governo do Estado, Jerônimo destacou a Ponte Salvador-Itaparica, que foi garantida pelo governador Rui Costa e terá continuidade a partir de 2023. “Mais do que encurtar distâncias, esse novo sistema viário vai gerar emprego e renda para o povo. A ponte é um vetor importantíssimo de desenvolvimento para a Bahia, especialmente para o Recôncavo e o Baixo Sul”, afirmou Jerônimo, que reuniu 20 prefeitos no evento que também teve a presença do senador Jaques Wagner (PT).

Sobre seu principal adversário nas eleições deste ano, Jerônimo afirmou não entender “porque ele não coloca a cara com vontade e com coragem”. Para o petista, esta é uma eleição nacionalizada, portanto “tem que ter lado”. Em entrevista a jornalistas de Santo Antônio de Jesus e região, o pré-candidato de Lula falou sobre a força e a confiança do seu grupo político: “o Brasil tem jeito e a Bahia tem lado, por isso tenho muito orgulho do nosso time e do nosso projeto. Vamos acelerar o trabalho iniciado por Jaques Wagner e ampliado por Rui. Junto com Lula, vamos fazer uma correria dobrada. A gente quer comida na mesa do povo, emprego e dignidade. Queremos um povo com autoestima elevada, com esperança e brilho nos olhos”, concluiu Jerônimo.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: