Política

Em entrevista, Jerônimo critica postura do ex-prefeito de Salvador: “caroneiro”

“Quem é que está [no Congresso] aprovando as questões mais sensíveis e prejudiciais à classe trabalhadora no Brasil? É o partido dele, é o União Brasil, é o DEM. Eles ficam trocando de nome para as pessoas irem esquecendo disso”. A declaração, que confirma o apoio do ex-prefeito de Salvador aos projetos do atual presidente da República, é do pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, que tem o apoio de Lula para dar continuidade ao trabalho do governador Rui Costa na Bahia.

“O que ele quer, na verdade, é pegar carona. Ele é caroneiro”, afirmou Jerônimo ao ser perguntado, nesta terça-feira (14), sobre a tentativa do ex-prefeito de Salvador de vincular o nome dele ao do ex-presidente Lula. “Rui tem dito que precisa de muito óleo de peroba para entregar a esse povo”, acrescentou o petista, que aproveitou a oportunidade para lembrar que ACM Neto ajudou a eleger o atual presidente nas eleições de 2018 e que muitos aliados do ex-prefeito têm assumido publicamente o apoio ao presidente Jair Bolsonaro este ano.

Na entrevista à Rádio Mix FM, Jerônimo voltou a garantir que seu governo, a partir de 2023, reforçará as políticas públicas iniciadas pelo ex-governador Jaques Wagner e ampliadas pelo governador Rui Costa. Único pré-candidato ao Governo do Estado do “time de Lula” na Bahia, ele pontuou que a disputa política este ano está polarizada e que questões nacionais, como o desemprego, a inflação e a fome, vão interferir nas eleições estaduais. “Não dá para abrir mão de um debate nacional”, disse o petista, que questionou: “para o ex-prefeito tanto faz quem vai ganhar as eleições presidenciais?”. Ex-secretário estadual da educação e do Desenvolvimento Rural, Jerônimo classificou Jair Bolsonaro como “presidente desastrado” e criticou a falta de projetos estruturantes do Governo Federal na Bahia e no Brasil.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: