Política

Deputado Pastor Isidório Filho (Avante), propões criação do mês de prevenção às drogas

Projeto de lei apresentado pelo deputado Pastor Isidório Filho (Avante), na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA),  cria o mês de prevenção e conscientização às drogas e substâncias psicoativas na Bahia, nominado de Junho Cinza. O objetivo, segundo Isidório Filho, é alertar, mobilizar e afastar, em especial, os estudantes e jovens, para “a nefasta e perigosa aproximação do submundo das drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas”.
 
De acordo com a proposta, durante o Junho Cinza serão realizadas ações educativas e de conscientização; reuniões, congressos, eventos esportivos, atividades educativas e culturais; palestras na rede de ensino; veiculação de campanhas em mídias sociais, sob coordenação das secretarias de Educação e Comunicação Social do Estado; além da iluminação em prédios públicos com luzes na cor cinza.
 
“É público e notório que as drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas, ano após ano, cresce em todas as faixas etárias e classes sociais da  nação e aqui na Bahia, lamentavelmente, isso não é diferente”, observou o deputado, ao justificar a proposta. “Como bem diz meu pai, mentor e maior exemplo dentro e fora da política, o Pastor Sargento Isidório: ‘as drogas subiram o elevador e hoje já se faz presente nos condomínios de luxo e na classe média das cidades brasileiras’. Assim sendo, promover políticas públicas para minimizar este quadro dramático é urgente e é dever de todos os entes públicos, privados brasileiros”, defendeu o parlamentar.
 
Ele lembrou que, em todo o mundo, as mortes causadas diretamente pelo uso de drogas lícitas e ilícitas aumentaram 60% entre 2000 e 2015, segundo o Relatório Mundial Sobre Drogas lançado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Tal pandemia, acrescentou o deputado, já compromete a população economicamente do planeta, os planos previdenciários das Nações. “Ou seja, atuar de forma sistêmica em favor da vida e da prevenção é um tema de total relevância global com repercussão local imediata”, acredita.
 
Através do projeto, Pastor Isidório Filho quer atuar em várias frentes. “De um lado, teremos uma ação concentrada nos jovens, estudantes da rede de ensino estadual”, explicou o parlamentar. “De outro, a população como um todo, que também poderá gozar de orientação e conscientização, já que a questão tem espectro social largo, atingindo qualquer cidadão independentemente de sua condição econômica, capacidade, religião e orientação, afastando-o do mercado de trabalho, do convívio social e familiar e dos valores edificantes da vida”, concluiu ele.
Etiquetas
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: