Política

“Cenário da COVID no Brasil é desolador”, afirma Lídice

A deputada federal Lídice da Mata disse, nesta terça-feira (12), que o cenário da pandemia no Brasil é desolador. Para a parlamentar, o governo federal tem se omitido às 240 mil mortes registradas nos últimos 11 meses e é responsável pela desinformação e pela escassez de vacinas no País.

 “Com a justificativa de salvar a economia, o Presidente da República incentivou a abertura indiscriminada de todo e qualquer tipo de estabelecimento, apoiou e promoveu grandes aglomerações e não fez qualquer gesto para realizar um plano real de imunização da população. Ao contrário: o país destinou apenas 9% dos recursos que seriam para a aquisição de vacinas e hoje temos um processo que anda a passos de tartaruga, com menos de 3% da população imunizada”, disse.
 
A relatora da CPMI das Fake News também comparou a situação do Brasil com a dos Estados Unidos. “ Enquanto os americanos tinham um presidente negacionista e genocida como o do Brasil, o País chegou aos 300 mil novos casos diários de infecções em janeiro, com 5 mil mortes num único dia. Hoje, após a posse de Joe Biden, esses números caíram vertiginosamente, com o registro de 60 mil novos casos e mil mortes por dia”, avaliou.
 
Para a deputada, o governo brasileiro  deveria fazer uma campanha pelo uso de máscaras e de vacinação em massa, adquirindo doses suficientes para toda a população”.
 
Lidice lembrou ainda que Bolsonaro fracassou na condução dos rumos econômicos e defendeu a volta do auxílio-emergencial para conter a miséria. “Por mais que vários setores tenham voltado a funcionar, sem vacina não há chances para uma plena recuperação da economia. Os números mostram isso. São mais de 14 milhões de brasileiros e brasileiras sem trabalho ou perspectiva de trabalhar. Nem a precarização da mão de obra com uma famigerada reforma trabalhista, que prometia milhões de empregos, conseguiu conter a sangria do número de desocupados, que se somam aos desalentados no Brasil”, finalizou.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: