Esportes

Vitória em crise e o Bahia invicto a 11 partidas contra o rival, tempera o clássico

Pouco mais de trinta dias depois do primeiro encontro, a dupla  Bahia e Vitória se enfrentam neste domingo pela segunda vez na temporada. Diferente do 1 a 1 no confronto de fevereiro, válido pela Copa do Nordeste, o clássico desta vez é pelo Campeonato Baiano e tem muita coisa em jogo. Terceiro colocado, com 11 pontos, o Tricolor joga novamente na Arena Fonte Nova contra o maior rival, líder, com 12 pontos, em busca do topo da tabela. Tudo isso a duas partidas para o fim da fase de grupos do Baianão.

O jogo deste domingo tem um tempero a mais, para o Esporte Clube Bahia. Sem perder do maior rival há 11 partidas, o Bahia planeja seguir com o bom retrospecto e fazer as pazes no reencontro com a torcida. O Tricolor vem de uma longa sequência jogando fora de cara. Foram sete partidas seguidas longe dos seus domínios e um aproveitamento de 57%.

Pata o Rubro Negro, o momento é o pior possível. Após a derrota para o Botafogo-PB, a segunda consecutiva dentro de casa, o Vitória chega para o clássico à beira de um colapso, com o treinador ameaçado e risco de renúncia do vice-presidente, Chico Salles, que avisou que vai tentar convencer Ricardo David, mandatário rubro-negro, a antecipar a eleição presidencial, marcada para setembro. A equipe, na última quinta-feira, sucumbiu diante de pouco mais de dois mil torcedores, sendo derrotada por 3 a 1.

Etiquetas
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: