CidadesSaúde

Julho Amarelo: Salvador intensifica prevenção às hepatites virais

Durante todo este mês, os Multicentros de Saúde e as unidades básicas da rede municipal em Salvador estão intensificando as ações de incentivo ao diagnóstico das hepatites. As atividades fazem parte do Julho Amarelo, campanha nacional que reforça as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais. 

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que apenas uma em cada 20 pessoas com hepatite sabe que tem o vírus. O órgão global projeta ainda que cerca de 400 milhões de indivíduos estejam infectados pelos vírus das tipologias B e C em todo o mundo. Nesse sentido, o incentivo ao diagnóstico precoce é fundamental para parar a cadeia de transmissão da patologia. 

O pintor Aloísio Santos, de 33 anos, aproveitou a consulta com o clínico geral no Multicentro de Saúde Carlos Gomes, em Salvador, para fazer um teste rápido. “É importante para cuidar da nossa saúde e também de outras pessoas, porque a gente pode acabar transmitindo sem saber que está contaminado. Todo mundo deveria fazer esse teste”, declarou. 

Prevenção – De acordo com a médica hepatologista do Multicentro de Saúde Vale das Pedrinhas, Kleyse Farias, a prevenção é a melhor forma de evitar as hepatites virais. Para evitar a doença é importante adotar medidas como vacinação – a rede pública dispõe de doses contra hepatites A (para crianças até 5 anos) e B. Além disso, é indispensável o uso de preservativo nas relações sexuais, bem como evitar reutilizar materiais perfurocortantes de uso único, como agulhas. 

“Dessa forma é possível evitar o desenvolvimento da hepatite, que é uma doença caracterizada pela inflamação no fígado que aumenta o risco de a pessoa desenvolver câncer no fígado e cirrose, por exemplo”, afirmou a médica. 

Diagnóstico precoce – Nos Multicentros de Saúde de Salvador e nas unidades básicas de saúde da rede municipal é possível realizar os testes rápidos com diagnóstico para hepatites virais em até 30 minutos. Os exames podem ser feitos de segunda a sexta-feira, exceto aos feriados, das 8h às 17h, por demanda espontânea e hora de chegada. 

“A testagem é feita de forma ágil, com todo o sigilo e discrição do paciente e, também, com alta taxa de confiabilidade. É um procedimento simples e muito importante para quebrar a cadeia de transmissão do vírus”, explicou a enfermeira do Multicentro Vale das Pedrinhas, Junolia Batista. 

Assistência integral – Os pacientes com o resultado positivo realizam novos exames confirmatórios e são encaminhados para os ambulatórios especializados na assistência integral ao portador de hepatites. Os ambulatórios ficam dentro dos Multicentros Carlos Gomes e Vale das Pedrinhas, que oferecem ainda atendimento médico multidisciplinar e medicamentos para o tratamento. O Serviço Municipal de Assistência Especializada (Semae), no Multicentro Liberdade, também acolhe os pacientes com o agravo. 

Cerca de 2 mil pessoas mensalmente são acolhidas nas unidades especializadas. Além dos testes rápidos, ao longo deste mês, os profissionais de saúde realizam a sensibilização dos usuários dos serviços quanto à importância da vacinação e outras medidas preventivas. 

“Estamos intensificando a realização dos testes rápidos para identificação precoce dos portadores do vírus, bem como o encaminhamento imediato para o tratamento dentro da nossa rede própria. Estaremos mobilizados ainda na ampliação da cobertura da vacina para as pessoas que não estão imunizadas em nossa cidade”, explicou a enfermeira do Multicentro Carlos Gomes, Laila Morbeck.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: