Eleições 2020

Evento da oposição em Itagimirim desrespeita regras da saúde em tempo de pandemia

O evento político promovido pelo candidato a prefeito de Itagimirim, Luizinho, no último sábado, 10, contou com várias situações de desrespeito às normas de prevenção ao coronavírus, entre outros momentos de irresponsabilidade. Além disso, seu discurso desastroso confirmou, mais uma vez, que o atual vice-prefeito não tem capacidade para assumir a Prefeitura de Itagimirim.

Para começar o fiasco, o evento não teve nada de drive-in, como foi enganosamente anunciado, pois grande parte dos motoristas e ocupantes dos veículos permaneceram fora dos carros durante a maior parte do tempo. Muitos dos espectadores também não estavam utilizando máscaras, além de não respeitarem o distanciamento social.

Em um vídeo publicado horas antes do início do evento, sem nenhuma preocupação com a segurança dos participantes, o candidato a prefeito convocou seus apoiadores para participar, informando que faria uma live e uma carreata, dando a entender que todos poderiam ficar normalmente na Praça Castro Alves, sem nenhum controle sobre a quantidade de pessoas. Lembrando que o Governo do Estado libera eventos para até 100 pessoas, desde que seguindo as regras de segurança, mas, infelizmente, nada disso foi visto na praça, no último sábado.

Além da irresponsabilidade, o candidato, que abandonou o cargo de vice-prefeito ainda no primeiro ano de mandato, mostrou mais uma vez seu despreparo para assumir um cargo de tamanha envergadura, já que foi incapaz de apresentar propostas para a população e preferiu perder seu tempo atacando a gestão da qual faz parte, e se fazer de vítima para tentar comover o povo, como, aliás, vem fazendo há muito tempo. Sem dúvidas, outro vexame para um político que está há 12 anos “enganando o povo”, como ele mesmo deixou escapar.

O evento político promovido pelo candidato a prefeito de Itagimirim, Luizinho, no último sábado, 10, contou com várias situações de desrespeito às normas de prevenção ao coronavírus, entre outros momentos de irresponsabilidade. Além disso, seu discurso desastroso confirmou, mais uma vez, que o atual vice-prefeito não tem capacidade para assumir a Prefeitura de Itagimirim.

Para começar o fiasco, o evento não teve nada de drive-in, como foi enganosamente anunciado, pois grande parte dos motoristas e ocupantes dos veículos permaneceram fora dos carros durante a maior parte do tempo. Muitos dos espectadores também não estavam utilizando máscaras, além de não respeitarem o distanciamento social.

Em um vídeo publicado horas antes do início do evento, sem nenhuma preocupação com a segurança dos participantes, o candidato a prefeito convocou seus apoiadores para participar, informando que faria uma live e uma carreata, dando a entender que todos poderiam ficar normalmente na Praça Castro Alves, sem nenhum controle sobre a quantidade de pessoas. Lembrando que o Governo do Estado libera eventos para até 100 pessoas, desde que seguindo as regras de segurança, mas, infelizmente, nada disso foi visto na praça, no último sábado.

Além da irresponsabilidade, o candidato, que abandonou o cargo de vice-prefeito ainda no primeiro ano de mandato, mostrou mais uma vez seu despreparo para assumir um cargo de tamanha envergadura, já que foi incapaz de apresentar propostas para a população e preferiu perder seu tempo atacando a gestão da qual faz parte, e se fazer de vítima para tentar comover o povo, como, aliás, vem fazendo há muito tempo. Sem dúvidas, outro vexame para um político que está há 12 anos “enganando o povo”, como ele mesmo deixou escapar.

Fonte:A Gazeta Bahia

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: