Cidades

Colégio de tempo integral é inaugurado pelo Governo do Estado no bairro Vila Canária, em Salvador; investimento é de R$ 22,5 milhões

Natação, artes marciais, quadras esportivas, laboratórios, auditório. Toda a estrutura adequada para o ensino em tempo integral está presente no novo Colégio Estadual de Vila Canária, em Salvador, entregue nesta quinta-feira (30) pelo governador Rui Costa. Com 35 salas de aula, a unidade vai atender 1.400 estudantes e recebeu recursos da ordem dos R$ 22,5 milhões. Além de atividades esportivas e culturais e do ensino tradicional, o novo colégio também oferece ensino profissionalizante. A obra integra um investimento superior a R$ 3,5 bilhões que o Governo do Estado está fazendo, para construir 240 novas escolas estaduais e modernizar e ampliar outras 400 em toda a Bahia. Os projetos estão sendo executados pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder).

A unidade conta com cerca de 120 colaboradores, entre direção, coordenação pedagógica, professores e equipe de apoio. A inauguração contou com apresentações esportivas e artísticas, inclusive do Neojiba. “Esse sonho que está sendo realizado aqui hoje será realizado também em outros locais. A cerca de dois quilômetros daqui está sendo construída outra unidade como essa. Temos ainda outras escolas sendo construídas em Paripe, Lobato, Imbuí, Cabula, além de centenas no interior do estado”, afirmou o governador. 

A estudante Larissa de Jesus, 18 anos, participou da inauguração e aprovou a mudança. “Eu sou aluna, estudo aqui. Nosso colégio de antes não era como esse, esse é o colégio dos sonhos. Eu entrei na escola e me apaixonei com os laboratórios, com as quadras, eu adoro natação. Isso aqui é uma maravilha, é amor, é muita felicidade”.  

Educação em tempo integral

De acordo com o governador, na escola de Vila Canária, os estudantes vão chegar pela manhã, assistir às aulas, e na hora do almoço serão servidas cerca de 1400 refeições. “Pela tarde, eles poderão fazer um curso profissionalizante, praticar um esporte, uma atividade cultural, e no final da tarde eles receberão outro lanche. Este modelo estará presente nas 240 novas unidades e nas 400 que estão passando por obras, recebendo piscina, ginásio e quadras”.

Rui Costa informou, ainda, que o Colégio Estadual de Vila Canária já vai entrar no circuito do Programa Outras Palavras, de ensino de línguas estrangeiras. “Nós contratamos também 40 mil vagas de curso de língua espanhola, 4 mil para serem preenchidas imediatamente. E estão disponíveis para todos os alunos dessa escola que quiserem fazer o curso de espanhol, pelo Instituto Cervantes. Essa é a primeira escola do Brasil a fazer esse convênio. Até hoje, isso só foi feito com escolas particulares. Vamos oferecer esses cursos também para todos os professores da rede estadual”.

Segundo o secretário da Educação em exercício, Danilo Souza, todas as escolas que estão sendo construídas ou melhoradas e ampliadas já vêm equipadas para oferecer o Ensino em Tempo Integral. O secretário ressaltou que o objetivo não é apenas oferecer belas estruturas, mas é esperado também um reflexo na qualidade do ensino. “Nós vamos, inclusive, aproveitar esse espaço da escola integral para preparar melhor os jovens para o Enem e para os vestibulares. Isso vai refletir também no desempenho deles na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que é a prova que aponta o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Então, o ensino em tempo integral vai atingir diretamente a base da formação elevando as competências de leitura, de escrita e de cálculo”.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: