Política

“Aliados de Bolsonaro na Bahia querem vender a Chesf e Eletrobrás a preço de banana”, afirma Lídice

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) criticou os aliados do presidente Jair Bolsonaro que defendem a venda da Chesf e da Eletrobrás. Segundo a socialista, eles inventaram uma cortina de fumaça e acusaram opositores de estarem contra a revitalização do Rio São Francisco.

“Fui surpreendida com notas na imprensa de que estaria contra o repasse de recursos para a revitalização do Rio São Francisco. Tudo não passa de mentira eleitoreira de adversários que usam da deslealdade. A verdade é que estão condicionando investimentos no Velho Chico à venda da Eletrobrás e isso é um absurdo, pois atenta contra a soberania nacional e causará aumentos sucessivos na conta de luz, prejudicando a população brasileira”, disse.

A socialista é contrária à Medida Provisória (MP) 1.031/2021, que trata da privatização da Eletrobras e lembra que a sua luta em defesa do Rio São Francisco é antiga. “No Senado, fui autora do PLS 86/2015, que previa a revitalização do rio. O texto estabeleceu metas de volume útil para os reservatórios de água da bacia do rio; a construção de cisternas para captação da água da chuva; e a fiscalização de crimes ambientais ao longo da extensão do rio estão entre os temas do projeto”, disse.

O projeto também propunha a integração entre os órgãos ambientais que cuidam do rio e a destinação de recursos específicos para projetos de recuperação do Velho Chico. “Ainda sugeri a criação de uma lei que estabelecesse normas gerais para a revitalização da bacia hidrográfica do rio São Francisco o que visa “contribuir significativamente para aperfeiçoar a coordenação das iniciativas de revitalização, nos níveis federal, estadual e municipal, e, com isso, lograr melhores resultados” no processo de revitalização do São Francisco.

“Portanto, essa cortina de fumaça inventada por adversários não corresponde à realidade”, finalizou a deputada.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: