Política

ACM Neto e Cacá Leão recebem apoio de mais dois prefeitos do PP

David Cavalcanti, de Glória, e Yuri Andrade, de Pedro Alexandre, se juntam ao pré-candidato a governador e ao pré-candidato ao Senado

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) e o pré-candidato a senador Cacá Leão (PP) receberam nesta terça-feira (19) a adesão de mais dois prefeitos. Yuri Andrade, de Pedro Alexandre, e David Cavalcanti, de Glória, ambos filiados ao PP, estiveram no escritório político do União Brasil e acertaram o apoio à dupla para as eleições deste ano.

“É um momento de renovação e de esperança. Uma decisão tomada de forma muito tranquila. Não tive dúvidas de que será o melhor para Glória e que será o melhor para a Bahia. Porque a gente precisa de um governo que tenha pulso firme, que saiba fazer gestão de fato, que faça uso correto do recurso público. Que melhore a situação da nossa educação que hoje é uma vergonha, e da falta de segurança pública que vivemos”, disse o prefeito de Glória, David Cavalcanti.

Yuri Andrade, de Pedro Alexandre, destacou a trajetória de ACM Neto como prefeito e deputado federal. “Sempre admirei muito o trabalho dele e agora poder apoiá-lo a ser governador é realmente uma honra. Tenha certeza que trabalhei firme e forte na nossa região para que possamos elegê-lo. Sei do compromisso que Neto firmou hoje com o nosso município, de nos ajudar a transformar e a construir uma nova história”, afirmou.

Nesta semana, Neto já recebeu o apoio de dois prefeitos que estavam na base governista. Elter Bastos (PSB), de Wagner, e Juraci da Saúde (PP), de Barro Preto, também estiveram no escritório político e anunciaram apoio ao pré-candidato do União Brasil.

Na semana anterior, cinco prefeitos aderiram à pré-campanha. Nena (PSD), de Inhambupe, Tânia Yoshida (PSD), de Conceição do Jacuípe, Lu de Gel (PP), de Antônio Cardoso, Cezar de Aderio (PP), de Milagres, e Eder de Nilda (Cidadania), de Terra Nova, decidiram seguir com Neto.

David Cavalcanti criticou o tratamento dado pelo governo do estado ao seu partido. “A forma com que o outro partido tratou o PP não era devida, até por toda a história que envolve esse grupo tão alinhado e que é uma família. Acho que a política tem que ser feita de forma honrosa, respeitosa e não a toque de caixa. O tratamento não pode ser feito por um anúncio de rádio, uma coisa sem combinar nada. Combinam uma coisa numa sexta e mudam na segunda, sem trazer os protagonistas para uma mesa de diálogo conversando”, disse.

David Cavalcanti está em seu segundo mandato em Glória, sendo reeleito com 58,49% dos votos. Yuri Andrade está em seu primeiro mandato, sendo eleito com 59,15% dos votos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: