PolíciaSalvador

Polícia Militar reúne 19 casais em casamento coletivo no Bonfim

O início da noite desta sexta-feira (22) foi de emoção no Clube dos Oficiais, no bairro do Bonfim, em Salvador. Diante de familiares e policiais, 38 noivos disseram o tão esperado ‘Sim’ durante um casamento coletivo promovido pela Polícia Militar da Bahia (PMBA). Dentre os recém-casados, 21 são membros da corporação e atuam em diferentes unidades operacionais e administrativas, espalhadas pela capital e interior.
 
Inter-religiosa, a cerimônia foi conduzida pela magistrada Newcy Cunha, da 1ª Vara da Família. Segundo o comandante-geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, a iniciativa é possível por conta da união de forças com outras entidades. “Essa é uma forma de a corporação contribuir para o enlace matrimonial dos policiais, que, muitas vezes, têm uma rotina bastante corrida. Junto com o Ministério Público e o Poder Judiciário, nós promovemos essa festa, sem custos, para que esses policiais possam consagrar essa união estável”, contou.
 
Nesta sexta (22), Valdomiro Alberto, 77 anos, e Maria Celeste, 57, começam a escrever um novo capítulo da história que protagonizam há mais de três décadas. “São 34 anos juntos e hoje iremos colocar nosso compromisso no papel. Estou muito feliz”, confessou Maria. 
 
Já Valdomiro, que é sargento reformado da PMBA, acredita que “Jesus determina que tudo tem uma hora certa. Portanto, o casamento com Maria Celeste tinha que acontecer como está acontecendo. Foram 32 anos de serviço e hoje existe mais um motivo para ser grato à Polícia Militar”.
 
A animação da noite ficou por conta da Banda Primeiro Som, iniciativa do Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos que aproxima jovens da música em diferentes Bases Comunitárias de Segurança (BCS). Esta é a 7º edição do evento, que ocorre desde 2001 e, ao todo, já promoveu 368 matrimônios.
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: