Terreiro de Salvador recebe ‘Escola de Sustentabilidade Integral’ em celebração à Oxumarê Baba Pecê e Baba Egbé.jpg

Ecologia, esse é o mote das ações desenvolvidas na Casa de Oxumarê nos anos 2018/2019, devido à importância da preservação ambiental para a religião do Candomblé. Pensado nisso, o terreiro manterá a cargo do antropólogo e ogã do Ilê Axé, Ordep Serra, o tema na celebração ao Oxumarê que acontece tradicionalmente no terceiro sábado de agosto há quase duas décadas. Neste ano, a festividade que acontece no dia 17, receberá a partir das 8h, a arquiteta urbanista, Débora Nunes e o engenheiro químico, Emerson Sales, ambos ambientalistas, fundadores e dirigentes da ESI – Escola de Sustentabilidade Integral – para falar sobre conscientização ecológica e dar dicas de como os convidados e a comunidade podem conservar o meio ambiente.

Para as religiões de matriz africana, a ecologia e espiritualidade estão diretamente associadas, uma vez que, os orixás possuem o domínio em cada elemento da natureza. Como por exemplo, o Oxumarê que desenha o céu com as cores do arco-íris.  De acordo ao atual babalórixa do terreiro, Babá Pecê, o principal objetivo do templo é fazer com que a população reflita sobre a importância de manter o meio ambiente sadio e equilibrado, com atitudes simples, como cultivar plantas, não poluir a fauna e flora, economizar água, e muito mais.

Sobre a ESI – Escola de Sustentabilidade Integral

A compreensão profunda do que significa sustentabilidade exige uma visão integral, ao mesmo tempo teórica e prática, que possa inaugurar um novo modo de viver, em sintonia com a necessária transição para uma sociedade mais justa, ecológica e democrática. Cada pessoa é parte dessa transformação e a Escola oferece a formação que a ajuda a ser o que ela quer ver no mundo.

Sobre Débora Nunes

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia – UFBA (1987), mestrado em Arquitetura e Urbanismo também pela UFBa (1993), doutorado em Urbanisme et Aménagement pela Université Paris. É professora titular da Universidade do Estado da Bahia, no curso de Urbanismo e coordenadora geral da Associação Rede de Profissionais Solidários pela Cidadania. Trabalha como professora e pesquisadora com os temas do Eco-urbanismo Participativo e Solidário, Futuros Desejáveis, Consumo Consciente, Extensão Universitária, Metodologias Participativas de Gestão e da Habitação de Interesse Social e da História e Teoria do Urbanismo.

Sobre Emerson Sales

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal da Bahia – UFBA(1981). Atualmente é professor associado da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de catalise heterogênea e cinética, atuando principalmente em projetos de pesquisa voltados para o desenvolvimento sustentável. Está pesquisando o potencial energético das microalgas, numa abordagem de Biorefinaria. É Coordenador do Laboratório de Bioenergia e Catálise – LABEC, parceiro da Rede de Tecnologias Limpas – TECLIM / UFBA. 

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: