Política

Angelo Almeida assume oficialmente 1ª suplência de deputado estadual e Luizinho Sobral fica inelegível

O ex-prefeito de Irecê, Luizinho Sobral, teve o recurso contra a cassação do diploma de 1º suplente na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) negado. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral no primeiro dia do mês de julho.

De acordo com o texto da publicação, Sobral “foi condenado em ação de investigação judicial eleitoral às penas de cassação do diploma de prefeito e de inelegibilidade por uso indevido dos meios de comunicação”.

Ontem dia 06 de julho, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Nelson Leal (PP), foi comunicado oficialmente da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que conforme mencionado acima ex-prefeito de Irecê, Luizinho Sobral teve de forma definitiva seu diploma cassado, o mesmo foi condenado em ação de investigação judicial eleitoral de uso indevido dos meios de comunicação quando disputou as eleições municipais do seu município, a punição além de deixar  ex-prefeito inelegível e impossibilitado de assumir a suplência e também tira das eleições do pleito deste ano.

Após ser comunicado de forma oficial, o ex deputado Angelo Almeida (PSB), pode a qualquer momento assumir novamente o mandato no Legislativo, pois existe uma expectativa de assumir ainda este ano uma vez que o mesmo é aliado do governador Rui Costa. O ex deputado atualmente assumi o cargo de Diretor de Projetos da Secretaria de Meio Ambiente do Estado. 

Etiquetas
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: