Cristo ressuscitou: vitória da vida sobre a morte foi celebrada no Sábado de Aleluia

A vitória da vida sobre a morte foi celebrada por centenas de fiéis, na noite deste Sábado de Aleluia, na Catedral Basílica. Presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, a Vigília Pascal é a mais importante do calendário litúrgico e celebra a ressurreição de Jesus.

Em volta do fogo aceso, no adro da Catedral, Dom Murilo deu início à primeira parte da celebração, que é a Liturgia da Luz ou lucernário. Neste momento, o Arcebispo concedeu a Bênção do Fogo Novo, preparando e acendendo o Círio Pascal, pronunciando as seguintes palavras “Por Suas santas chagas, Suas chagas gloriosas, o Cristo Senhor nos proteja e nos guarde. Amém!”.

No Círio, que representa Jesus, a luz do mundo, os fiéis acenderam as velas e entraram no templo para aguardar a procissão. “Este momento é tão importante. Eu me sinto como se estivesse nas trevas e, ao acender as velas, aos poucos, vou sentindo como se estivesse ressurgindo a luz. Isso é a ressurreição: passar da morte para a vida, das trevas à luz”, disse a fiel Maria da Glória Silva Bonfim.

Ao chegar ao altar, o Círio foi colocado em um local de destaque e o capelão da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, padre Jonathan de Jesus, catou a proclamação da Páscoa. Em seguida as velas foram apagadas, as luzes acesas e teve início a segunda parte da Vigília Pascal: a Liturgia da Palavra. “Irmãos e irmãs, se alguém veio hoje pela primeira vez participar da Vigília Pascal, deve ter se perguntado ‘porquê tantas leituras?”. Isso é fruto de uma tradição dos primeiros séculos do cristianismo. Depois de uma longa preparação para o batismo dos adultos, particularmente durante a Quaresma, na noite da Vigília Pascal eram feitas muitas leituras para que quem fosse ser batizado tivesse uma visão sintética da História da Salvação, para perceber que aquele batismo era parte do Plano de Deus que começou com a criação, superou o pecado, passou pelos profetas e se concluiu em Jesus Cristo”, esclareceu Dom Murilo.

Na reflexão sobre as leituras, Dom Murilo falou sobre o mais belo anúncio proclamado. “Nesta noite o anúncio que a Igreja faz é: Jesus Cristo ressuscitou! Eis o mais importante anúncio que a Igreja tem a fazer para os seus membros, para o mundo. São Paulo chega a dizer que esta certeza está no centro da nossa fé, está no centro da História da Salvação” afirmou o Arcebispo.

Logo após a homilia, teve início a terceira parte da Vigília Pascal, que é a Liturgia Batismal. Neste momento foram renovadas as Promessas Batismais, assumindo o compromisso com a vida nova trazida por Cristo ressuscitado. Em seguida, os fiéis entoaram a Ladainha de Todos os Santos e Dom Murilo abençoou a água que foi aspergida.

Por volta das 20h teve início a Liturgia Eucarística, que é a quarta parte da Vigília Pascal. Com a certeza de que Jesus ressuscitou dos mortos, os fiéis alimentaram-se da Eucaristia, renovando e fortalecendo o compromisso com Ele. Após a bênção final, Dom Murilo acolheu, com abraços, os fiéis, desejando-lhes Feliz Páscoa.

Texto e fotos: Sara Gomes

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: