1ª Mostra Audiovisual intinerante destaca ações de preservação ambiental.

Mostra ajudou a consolidar a ideia da implantação do parque das dunas, além de gerar consciência ambiental.

Foi um sucesso de mídia e de público o lançamento da 1ª Mostra Audiovisual Itinerante promovida pelo movimento SOS Dunas e realizada pela AVP – Associação dos Moradores da Via Parque, nos dias 16, 17 e 18 de novembro, no salão “Caldas da Imperatriz”, do Bahia Plaza Hotel.

Estiveram na mostra o Secretário Estadual de Meio Ambiente, Geraldo Reis, representando o governador Rui Costa, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Genival Seixas Graça, representando a Prefeitura de Camaçari, o Secretário de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Lauro de Freitas, Mauro Cardim, o novo Secretário de Meio Ambiente de Dias D’Ávila, Sinval Rios, e sua esposa, Jaílce Andrade, que é associada da AVP, o gestor da APA Joanes-Ipitanga (INEMA), Geneci Braz de Sousa, o deputado Marcelino Galo, presidente da Frente Parlamentar Ambientalista da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Bete Wagner, assessora ambiental da ALBA, e a delegada Danielle Monteiro, titular da 26ª Delegacia Territorial (DT), de Abrantes.

A audiência pública em Jauá, realizada  em maio deste ano, deu a partida no processo de implantação do Parque das Dunas de Abrantes, criado em 1977 – há 41 anos no papel, portanto. Vale destacar a ação da delegada Danielle Monteiro a autoridade policial que mais tem ajudado a AVP ao reprimir o roubo de areia das dunas com a apreensão de caçambas. A mostra também recebeu a visita da engenheira sanitarista Maressa Vieira, funcionária da Diretoria de Planejamento Ambiental da Sedur de Camaçari.

Ambientalistas

Visitaram a mostra o biólogo Fábio Lima, gestor do Parque Klaus Peters, no município de Mata de São João, o presidente da OSCIP RIO LIMPO, Fernando Borba, o participante da Rio Limpo e do MOVIMENTO RIOS VIVOS engenheiro Hermes Luís Barros Santos, a bióloga Ana Cláudia Magalhães, fundadora de AMI (Associação Amigos e Moradores de Ipitanga) e membro do Comitê Interinstitucional de Educação Ambiental do Estado da Bahia, e o engenheiro ambiental Eduardo Cesana, estudioso da fauna e flora de Busca Vida, além de moradores de Jauá, de Vila de Abrantes e do Parque São Jorge, no Km 10 da Estrada do Coco. Também se fizeram presentes os dirigentes da AECOSOL – Associação Ecológica Coqueiro Solidário Fabiana Franco, Rivelino Martins de Souza e Washington Luís Ferreira de Azevedo.

Escolas

A mostra recebeu a visita de alunos de três escolas: Centro Educacional Tancredo Neves, levados pela diretora Mônica Santana, do CEPTIC – Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia, Informação e Comunicação, levados pela professora de Química e Iniciação Científica Carla Ollandezos, e da Escola Municipal Catu de Abrantes, levados pela vice-diretora Célia Almeida Galvão e o professor Heitor Chamusca.

Os alunos do CEPTIC Samara Vitória Cruz da Silva, 15 anos, Gabriel Moreira, 16, Carlos Augusto Barbosa, 15, e Bruno Miguel Gomes, 16, fizeram uma sensacional apresentação com hologramas dos problemas socioambientais do rio Joanes, assistida pelos alunos do Tancredo Neves. Após a apresentação, esses alunos tiveram uma aula do geógrafo e professor Filipe Trindade, cujo Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na Ufba foi sobre a ocupação das dunas de Jauá. Filipe já ministrara aulas sobre as dunas aos alunos do Tancredo Neves.

Os alunos da Escola Municipal Catu de Abrantes, por sua vez, receberam uma magnífica aula de Fábio Lima, que falou sobre o seu trabalho no Parque Klaus Peters. O vídeo oficial da mostra foi feito por Carlos Augusto, que pretende ser engenheiro mecatrônico, com a assistência de Bruno Miguel, futuro advogado.

Convites e parque

As organizadoras de mostra – jornalistas Ana Maria Mandim e Angélica Ferraz de Menezes – aceitaram os convites que receberam para apresentar-se no Projeto Tamar e na ALBA, que não constavam do roteiro original da mostra. Foram gerais e entusiasmados os elogios dos visitantes à qualidade das fotos de Fábio Lima, Jau Castro, Matheus Abreu, Radison Jordão e Sidnei Sampaio, moradores da região onde será implantado o Parque das Dunas de Abrantes.

Foi plenamente atingido o objetivo da mostra, que era divulgar e consolidar a ideia de implantar o parque. Além dos locais citados acima, o roteiro da mostra prevê exibições no Outlet Premium, na Igreja do Divino Espírito Santo (Vila de Abrantes), nas feiras municipais em Arembepe e Guarajuba, na Cidade do Saber e na sede do INEMA, no Centro Administrativo da Bahia – CAB.

Com informações da Assessoria.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close
%d blogueiros gostam disto: